Unidos contra desmatamento, Brasil e China devem lançar satélite em 2019

Por Raira Rembi

Com previsão de lançamento para 2019, a produção do satélite, Cbers-4A, é uma parceria entre Brasil e China, que, pelo Programa Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres (Cbers), já possibilitou o lançamento de 5 satélites.

O equipamento fornecerá imagens para verificar desmatamentos, desastres naturais, expansão da agricultura e das cidades. O sexto satélite deverá custar R$ 120 milhões para cada país.

O programa possibilitou o desenvolvimento de um sistema completo de sensoriamento remoto (espacial e terrestre) para fornecimento de imagens gratuitas a ambos os países e a mais de 20 nações da América do Sul, do sul da África e do Sudeste Asiático.

Com 30º anos de parceria entre os países a comemoração foi feita na embaixada da China (em Brasília) com autoridades do setor aeroespacial brasileiro. O material já foi encaminhado para mais de 20 mil instituições brasileiras, incluindo universidades.

(Foto Arquivo MMA)

Mais notícias