Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Pesquisa DATAmax aponta pouca variação: Delcídio e Reinaldo sobem, Nelsinho desce

O candidato do PT continua na liderança e o peemedebista foi o único a registrar diminuição no índice com relação à primeira rodada.

A segunda pesquisa de intenções de voto feita pelo DATAmax para o governo de Mato Grosso do Sul revelou pouca variação no cenário. Com relação ao primeiro levantamento, Delcídio e Reinaldo subiram 1,2 e 0,4 pontos percentuais, respectivamente. Enquanto isso, Nelsinho baixou 3,3 pontos percentuais.


Delcídio do Amaral (PT) mantém a liderança com 46,1% das citações. Em segundo, continua Nelsinho Trad (PMDB), com 25,5%, seguido por Reinaldo Azambuja (PSDB), com 18,6%.


Além dos três primeiros colocados, pontuaram o Professor Monje (PSTU) com 1,5%, Sidney Melo (PSOL), com 1% e Evander Vendramimi (PP), que teve 0,8% das citações. Do total, 4,3% dos entrevistados pelo DATAmax disseram que estão indecisos ou não sabem em quem devem votar. E 2,1% afirmou que não vai votar ou vai anular o voto.


Foram entrevistados 1.500 eleitores em 15 municípios que representam 65,56% do eleitorado sul-mato-grossense, entre os dias 2 e 9 de julho. A pesquisa foi registrada no TRE-MS (00020/2014) e apresenta margem de erro de 2,5%, com grau de confiança de 95%.


Classe social


Na estratificação por classes sociais dos entrevistados, o DATAmax revelou que Delcídio obtém o maior percentual de votos nas classes D e E, com 50,8%. Nelsinho Trad tem o melhor desempenho 25,7% na classe C, enquanto Reinaldo Azambuja pontua melhor entre os entrevistados das classes A e B, com 24%.


Municípios


Além de Campo Grande, foram ouvidos eleitores em Amambai, Aquidauana, Corumbá, Coxim, Dourados, Maracaju, Miranda, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Rio Brilhante, Sidrolândia e Três Lagoas.


A amostra ponderada mantém a proporcionalidade entre a participação de cada município na pesquisa e o tamanho que cada um representa no total de eleitores em MS.


Entre os municípios que integram a amostra, Delcídio do Amaral registrou a maior pontuação na cidade natal dele, Corumbá, com 75,3%, e a menor em Maracaju, com 16,7%.


Já Nelsinho Trad obteve o melhor resultado em Campo Grande, onde foi prefeito por dois mandatos, com 35,8%, e o pior também em Maracaju, com 3,3%.


Reinaldo Azambuja teve o melhor índice justamente em Maracaju, cidade onde já foi prefeito, com 76,7% das intenções de voto, e o pior em Coxim, com 3,3%.







Você pode gostar também
Comentários
Carregando...