Praça Antônio em Dourados será reaberta nessa terça-feira

A Praça Antônio João, localizada na central de Dourados, será aberta à comunidade nesta terça-feira, às 17h. Após mais de dois anos fechado para reforma e seguidas paralisações da obra, o espaço será devolvido à população. A decisão de reabrir a praça foi tomada pela prefeita Délia Razuk.

Segundo ela, a praça está sendo aberta e não inaugurada, uma vez que o projeto inicial de revitalização ainda não foi totalmente concluído. “Fizemos o que era possível para que a praça voltasse a ser um local em que os douradenses se orgulhassem. Este é sem dúvida alguma um de nossos principais cartões postais. Com muito esforço e orgulho estamos devolvendo à nossa população”, destacou Délia Razuk.

Comerciantes, vendedores ambulantes e moradores que diariamente passam pela praça aprovaram a ideia da prefeita de devolver a praça à população.

“Faltam apenas detalhes. Tem que abrir mesmo e concluir o que falta no decorrer do próximo ano”, afirmou Joacir Souza Oliveira, que trabalha perto da praça. “Está mais do que na hora de abrir essa praça. É um espaço que estava sendo tomado da população e é importante que volte ao domínio dos douradenses”, declarou o comerciante Junji Miyakawa.

A abertura da Praça Antônio João com a decoração de Natal e as apresentações culturais organizadas pela prefeitura, fazem parte da programação dos 75 anos de Dourados.

Posto da Guarda

Também foi instalado no local um posto da Guarda Municipal que irá funcionar em sistema de plantão 24 horas.

De acordo com o comandante da Guarda, o major PM Tony Audry Zerlotti, o posto de informações e atendimento em geral vai funcionar nos mesmos padrões da corporação, por meio do sistema integrado de comunicação e pesquisa. Zerlotti explicou ainda que os plantões serão cumpridos em forma de escala e que durante todo o dia, dois guardas municipais vão permanecer no local.

Para ele, será uma prestação de serviço a mais à população, já que, além de atendimento ao público, a Guarda vai cumprir com o seu papel maior que é o de zelar pela manutenção do patrimônio público.

Também vai funcionar no local o posto de venda de cartões de telefone, sob responsabilidade da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais).

Mais notícias