Marketing do Corinthians revela arrecadação de R$ 100 milhões com patrocínios

Apenas a camisa do time passa dos R$ 100 milhões

O presidente Duílio Monteiro Alves , revelou, nesta terça-feira, que o vai ganhar R$ 100 milhões com toda arrecadação com patrocínio. Segundo o dirigente, o clube aumentou a arrecadação em R$ 20 milhões com anúncios na camisa do time de futebol em relação a 2020.

“A camisa do passará seguramente dos 100 milhões. Não divulgamos alguns números por questões de confidencialidade, traria problemas aos parceiros, mas passa”, disse Duílio, em entrevista coletiva.

O fato de o estar em 10º lugar no e correr riscos de ficar de fora mais um ano da disputa da Copa , não preocupa o superintendente de marketing, José Colagrossi Neto.

“Temos mudanças de parcerias com oito empresas, são oito parceiros. A negociação segue com mais alguns. Fechamos uma parceria com uma empresa de telefonia que trará uma receita importante, em mais uma semana talvez a gente anuncie, mas já está fechado. E se contar as que tão em curso, temos uma dezena de conversas. Todas as negociações foram intensas, com momentos melhores e piores, mas em nenhuma vez a performance do clube em campo foi discutida. Acima de tudo, somos o , o maior das Américas, com 30 milhões de apaixonados. O acordo vai muito além da performance. Nunca houve essa preocupação. Existe confiança na gestão do clube.”

Duílio Monteiro Alves preferiu ressaltar as vitórias fora de campo. “Conseguimos na nossa meta de um ano atingir R$ 30 milhões de dinheiro novo nos primeiros 21 dias de mandato. Isso sem esquecer o momento que o país e o mundo vivem, com a segunda onda da covid-19, mas atingimos o objetivo.”

Os dirigentes também anunciaram que o vai receber R$ 17 milhões fixos por ano da Neo Química pelo patrocínio master. A empresa, que em 2020 adquiriu os naming rights da Arena, fechou contrato até dezembro de 2025. A renovação dos patrocínios com a Midea e o Guaraná Poty também foram revelados.

(Estadão Conteúdo)

Marketing do Corinthians revela arrecadação de R$ 100 milhões com patrocínios
Mais notícias