Esportes

Juazeirense bate Sport, mas decisão da vaga na Copa do Brasil pode ir para o TJD

O Juazeirense derrotou o Sport, nesta quarta-feira, em Juazeiro, na Bahia, por 3 a 2, mas a confirmação da vaga na segunda fase da Copa do Brasil só deverá ser feita no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da CBF. A eliminação do Sport, que era franco favorito diante do Juazeirense, em jogo disputado no interior […]

Agência Estado Publicado em 10/03/2021, às 23h31

Reprodução
Reprodução - Reprodução

O Juazeirense derrotou o Sport, nesta quarta-feira, em Juazeiro, na Bahia, por 3 a 2, mas a confirmação da vaga na segunda fase da Copa do Brasil só deverá ser feita no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da CBF.

A eliminação do Sport, que era franco favorito diante do Juazeirense, em jogo disputado no interior da Bahia, só não foi consumada porque o jogo parou aos 52 minutos do segundo tempo por falta de energia. O árbitro Ramon Abatti Abel (SC) tinha dado 11 minutos de acréscimos, depois esperou o retorno da iluminação, porém, isso não ocorreu por causa de uma falha no gerador do estádio Adauto Moraes, na cidade de Juazeiro.

O vencedor deste duelo vai pegar o vencedor de Castanhal-PA e Volta Redonda-RJ que vão se enfrentar dia 17 no estádio Modelão, no interior do Pará.

Wesley abriu o placar para o time de Juazeiro no minuto inicial, mas rapidamente o Sport virou com Ronaldo Henrique, de pênalti, e Mikael. No primeiro minuto do segundo tempo, Clébson usou a cabeça e deixou o placar igual. O zagueiro Dedé, de cabeça, fez 3 a 2 para o Juazeirense, que depois se defendeu para festejar a classificação.

Aos 43 minutos do segundo tempo, o zagueiro Dedé bateu a cabeça e desmaiou. O jogo ficou oito minutos parado. Já nos acréscimos, que teria 11 minutos além do tempo normal, houve a queda de energia em parte do sistema de iluminação. A irrigação foi ligada duas vezes de forma automática e, por catimba, as bolas reservas sumiram. Com o gerador quebrado, a iluminação não voltou depois de uma hora e meia de espera.

OUTROS JOGOS – O Rio Branco-ES, em Cariacica (ES), venceu o Sampaio Corrêa, por 2 a 1, de virada. Na segunda fase, o Rio Branco-ES vai enfrentar o Vitória-BA, que na terça-feira abriu a disputa ao vencer o Águia Negra-MS por 1 a 0.

No duelo paranaense, o Cianorte levou a melhor em cima do Paraná, com um gol de Sávio aos 39 minutos do primeiro tempo, quando a vaga parecia nas mãos do time de Curitiba. Mas não deu para segurar o zero a zero.

O Cianorte-PR aguarda pelo vencedor do confronto entre Ypiranga-AP e Santa Cruz, que se enfrentam na próxima quarta-feira, para conhecer seu próximo adversário.

Nesta primeira fase o clube mandante leva a vantagem do empate, por ter uma posição melhor dentro do ranking nacional. O time da casa precisa vencer para seguir adiante. Na segunda fase não existe vantagem do empate, com a vaga, se necessário, sendo definida nos pênaltis. Estes três classificados, na temporada de 2020, nem disputaram a Série D, a última divisão do País. Mas vão integrar a competição em 2021.

Confira os resultados da 1ª rodada da Copa do Brasil:

TERÇA-FEIRA

Campinense-PB 1 x 7 Bahia *

Águia Negra-MS 0 x 1 Vitória *

QUARTA-FEIRA

Gama-DF 1 x 2 Ponte Preta *

Madureira-RJ 0 x 1 Paysandu *

*4 de Julho-PI 1 x 0 Confiança

*Cianorte-PR 1 x 0 Paraná

*Rio Branco-AC 2 x 1 Sampaio Corrêa-MA

Juazeirense-BA 3 x 2 Sport (suspenso)

* classificados à 2.ª fase

Jornal Midiamax