Esportes

Federação Paulista admite ‘falhas de interpretação’ em pênalti para o São Paulo

Lance envolvendo o atacante Luciano poderia dar final diferente à partida, que terminou com derrota do Tricolor pelo placar de 2 a 1.

Humberto Marques Publicado em 14/03/2021, às 17h27

Lance que resultaria em pênalti sobre Luciano. (Foto: Rubens Chiri/spfc.net)
Lance que resultaria em pênalti sobre Luciano. (Foto: Rubens Chiri/spfc.net) - Lance que resultaria em pênalti sobre Luciano. (Foto: Rubens Chiri/spfc.net)

A FPF (Federação Paulista de Futebol) emitiu nota neste domingo (15) em que admite o erro cometido na partida entre Novorizontino e São Paulo, realizada no sábado (14). O pênalti não marcado sobre o atacante Luciano poderia ter mudado a história do jogo nos minutos finais, já que o placar estava em 2 a 1 para os mandantes e assim terminou.

Segundo a entidade, houve erro na interpretação do lance pela árbitra Edina Alves Batista. Após longa paralisação, ela optou por não verificar as imagens no árbitro de vídeo, o que causou polêmica e reclamações por parte do atacante e do técnico Hernán Crespo.

Ambos citaram as decisões como determinantes para o resultado final. O revés encerrou a invencibilidade da equipe no Campeonato Paulista.

“Após análise do lance ocorrido na partida Novorizontino e São Paulo, neste sábado (13), a Comissão de Arbitragem identificou falhas de interpretação da arbitragem em campo e de procedimento do VAR. O equívoco no lance é claro e óbvio. As imagens deveriam ter sido revisadas imediatamente por meio da área de revisão em campo para correção da decisão”, anunciou a FPF, no comunicado.

Mesmo assumindo o erro, a Federação não indicou qualquer ação contra a falha. A mensagem emitida diz apenas que “a Comissão de Arbitragem vai efetuar um forte treinamento com a equipe de arbitragem e de VAR da partida para que nenhum erro como este volte a acontecer”.

Jornal Midiamax