Com 2 de Claudinho, Bragantino vence Ceará em confronto por vaga na Sul-Americana

Em um jogo eletrizante do início ao fim, o Red Bull Bragantino contou com dois gols de Claudinho, sendo o último deles já nos acréscimos, para vencer o Ceará, por 2 a 1, no Castelão, neste domingo, pela 30.ª rodada do .

Esse foi um confronto direto na briga por uma vaga na próxima Copa Sul-Americana. O Ceará estacionou nos 39 pontos, na 11.ª colocação, e viu o Bragantino chegar aos 38. O time paulista passou o -GO e pulou para o 12.º lugar.

A partida começou movimentada e o Red Bull Bragantino pediu pênalti logo no primeiro minuto após a bola acertar o braço de Fernando Sobral. Já o Ceará criou uma boa oportunidade aos quatro minutos, quando Tiago subiu mais que todo mundo e cabeceou rente à trave.

Na sequência, Edimar invadiu a área e chutou forte para a defesa de Richard. Aos 23, Tiago, mais uma vez pelo alto, cabeceou e viu a bola explodir no travessão de Cleiton. O jogo caiu um pouco de qualidade, mas voltou a ficar bom nos minutos finais.

Aos 42, Ytalo aproveitou escanteio cobrado por Claudinho e desviou na trave. A bola entraria no cantinho se Richard não fizesse grande defesa. Depois foi a vez de Ricardo Ryller cabecear pela linha de fundo.

Os times voltaram com a mesma formação do intervalo e, aos sete, Artur foi derrubado por Bruno Pacheco dentro da área, com o árbitro assinalando pênalti para desespero dos jogadores do Ceará. Três minutos depois, Claudinho bateu bem e colocou o Bragantino na frente.

O empate do Ceará não demorou. Léo Chú chutou sem ângulo e Cleiton espalmou para escanteio. Na cobrança, Luiz Otávio foi puxado dentro da área e o árbitro mandou o lance seguir, mas voltou atrás após ser avisado pelo VAR. Lima cobrou bem e deixou tudo igual.

Aos 29, Aderlan soltou a bomba de fora da área e Richard espalmou para escanteio. O Bragantino era melhor. Hurtado chutou forte, a bola desviou no meio do caminho e quase entrou. No contra-ataque, Vitor Jacaré só não marcou para o Ceará porque Cleiton saiu bem do gol.

Quando parecia que o jogo terminaria empatado, Willian Oliveira tocou com a mão na bola dentro da área e, após mais uma consulta do VAR, o árbitro assinalou pênalti. Claudinho bateu forte, no canto direito, aos 51, e fez 2 a 1.

O Ceará volta a campo na quinta-feira, contra o , às 19 horas, na Serrinha. Na quarta, o Bragantino recebe o Vasco, às 21h30, no Nabi Abi Chedid. Os jogos são válidos pela 31.ª rodada.

Com 2 de Claudinho, Bragantino vence Ceará em confronto por vaga na Sul-Americana
Mais notícias