UFC volta a Las Vegas em meio à pandemia e registra 3 vitórias de brasileiros

Gilbert Durinho, Augusto Sakai e Mackensie Dern venceram suas lutas em disputa marcada por retorno das lutas em meio à pandemia de coronavírus

O UFC foi a primeira modalidade a retomar as atividades esportivas nos Estados Unidos. Cards agendados para a noite deste sábado (30) em Las Vegas, adaptados para os tempos em que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) transformou a palavra “biossegurança” em um mantra para toda a sociedade, compuseram o quarto evento de lutas realizado em meio a esses novos tempos. E, nele, três brasileiros brilharam.

A arena não contou com presença de público, que pela TV e internet pode acompanhar a vitória, por decisão dos juízes, a vitória de Gilbert Burns, o “Durinho”, sobre o ex-campeão Tyron Woodley, que teve como mérito sobreviver no octógono por 5 assaltos perante o campeão mundial de jiu-jitsu.

Ao final, Durinho ainda desafiou Kamaru Usman, que detém o cinturão. O brasileiro, lutador meio-medio, faturou o prêmio de US$ 50 mil por uma das performances da noite.

Augusto Sakai, por sua vez, manteve a invencibilidade em sua quarta luta pelo UFC, agora perante o búlgaro Blagoy Ivanov. Com um intenso jogo de chutes na cintura, parecia dominar a batalha, até que no terceiro round se valeu das grades para não cair –o árbitro não viu o lance e ele garantiu a vitória por pontos.

Também em Las Vegas, Mackensie Dern venceu Hannah Cifers por finalização. Americana naturelizada no Brasil, Dern faturou o outro bônus de US$ 50 mil e comemorou a vitória, mais um degrau para apagar a derrota no MMA em 2019 –e que demorou para ser superada graças à suspensão das lutas.

O revés verde-e-amarelo no octógono coube a Kledson Abreu, nocauteado no primeiro round por Jamahal Hill, depois de um segundo knockdown. Foi a terceira derrota em quatro lutas do brasileiro.

Confira os resultados da noite:

Card Principal

  • Gilbert Durinho venceu Tyron Woodley por unanimidade (50-45/50-44/50-44)
  • Augusto Sakai venceu Blagoy Ivanov em decisão dividida (27-30/29-28/29-28)
  • Billy Quarantillo venceu Spike Carlyle por unanimidade (29-28 triplo)
  • Roosevelt Roberts venceu Brok Weaver por finalização no segundo round
  • Mackenzie Dern venceu Hannah Cifers por finalização no primeiro round

Card Preliminar

  • Katlyn Chookagian venceu Antonina Shevchenko por unanimidade (30-25 triplo)
  • Daniel Rodriguez venceu Gabriel Green por unanimidade (30-27 triplo)
  • Jamahal Hill venceu Klidson Abreu por nocaute técnico no primeiro round
  • Brandon Royval venceu Tim Elliott por finalização no segundo round
  • Casey Kenney venceu Louis Smolka por finalização no primeiro round
  • Chris Gutierrez venceu Vince Morales por nocaute técnicos o segundo round

Conforme a imprensa especializada, o número de jornalistas autorizados a cobrirem o evento foi reduzido e todos deveriam ser testados para saber se portavam o coronavírus antes de irem ao evento.

O uso de máscaras e regras de distanciamento social, com marcas no chão, também fizeram parte do roteiro. Eles ainda foram conduzidos a quartos em um hotel até o início das atividades no UFC Apex. E, lá, assistiram as lutas em tendas e distantes uns dos outros. No octógono, a higienização foi obrigatória depois de cada luta.

UFC volta a Las Vegas em meio à pandemia e registra 3 vitórias de brasileiros
Mais notícias