Santos vence com gols de jovens e sonha com melhor campanha da Libertadores

O técnico Cuca não se cansa de elogiar os atletas da base do Santos. Nesta terça-feira, o técnico mais uma vez recorreu aos jovens e se deu bem. Lucas Braga e Marcos Leonardo saíram do banco de reservas para marcarem e garantirem a virada do Santos sobre o Defensa y Justicia, derrotado por 2 a 1. Com o triunfo, os santistas assumem a liderança geral da e torcem por tropeço do nesta quarta-feira.

Foi um jogo complicado. Os argentinos venderam caro a derrota e a consequente eliminação no Grupo G – o equatoriano Delfin é o outro classificado. Abriram o placar, tiveram chances de ampliar, mas acabaram vendo a nova safra de “Meninos da Vila” fazer o festa.

O Santos subiu para os 16 pontos e só pode ser alcançado pelo . Os arquirrivais enfrentam o Tigre, nesta quarta necessitando de um triunfo simples, pois levariam a melhor no saldo de gols.

Com a decisão de Soteldo de recusar a proposta do Al Hilal, da , Cuca resolveu escalar o atacante. Foi o próprio treinador quem cravou que o último jogo do venezuelano havia sido diante do Coritiba. O Santos aceitou a oferta de R$ 40 milhões.

Soteldo, contudo, não se convenceu que seria uma boa trocar o Santos pela oferta recebida dos árabes e fez uma contraproposta. Mas a ideia do jogador é seguir na Vila Belmiro. Será um alívio para Cuca caso Soteldo desista de vez do negócio. O técnico lamentou muito ter de perdê-lo.

Com o reforço ofensivo, o Santos partiu logo para buscar vantagem no placar. Kaio Jorge assustou ao escorar o passe de Arthur Gomes e mandar para fora.De volta ao time titular, Arthur Gomes estava um tanto ansioso para mostrar serviço. Mas confundia vontade com nervosismo. Brigava pela bola e, ao mesmo tempo, não conseguia aproveitar a continuação dos lances após recuperá-la.

Foram bons 30 minutos do Santos, buscando o gol. Necessitando de um triunfo para classificar, os argentinos suportaram a pressão e, aos poucos, começaram a incomodar João Paulo. O chute de Brian Romero tirou tinta da trave. Antes do intervalo foi Isnaldo quem não acertou o alvo.

O Santos foi ao intervalo ciente que caiu de rendimento. Já os argentinos, confiantes que dava para vencer. Cuca voltou com Lucas Lourenço na vaga de Jean Mota para tentar ajustar a armação. Mas não deu nem tempo de ver como a equipe se comportaria com a troca e os argentinos estavam comemorando. Braian Romero recebeu livre para abrir o placar logo com cinco minutos.

Diferentemente dos argentinos, o Santos não aproveitou quando seu centroavante recebeu livre. Kaio Jorge teve tudo para empatar aos 11, mas mandou para fora. Chance de ouro perdida. Falharia novamente pouco tempo depois. Apostando nos contra-ataques, os argentinos eram perigosíssimos nas descidas rápidas. E também pouco eficientes nas finalizações.

Substituto de Arthur Gomes, que mais uma vez não foi bem, o torcedor jogador Lucas Braga empatou para o Santos aos 32. E não conteve a emoção com o primeiro gol pelo clube.

Faltava a virada para o Santos cumprir sua missão no jogo. E ela veio já nos acréscimos. Lucas Braga encontrou Marcos Leonardo, livre, e o atacante fez o segundo. Diego Pituca ainda salvou o empate, em cima da linha, para alegria santista e adeus argentino.

 

FICHA TÉCNICA

 

SANTOS 2 x 1 DEFENSA Y JUSTICIA

 

SANTOS – João Paulo; Pará (Marcos Leonardo), Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan (Wagner); Jobson (Sandry), Diego Pituca e Jean Mota (Lucas Lourenço); Arthur Gomes (Lucas Gomes), Soteldo e Kaio Jorge. Técnico – Cuca.

 

DEFENSA Y JUSTICIA – Unsain; Frías, Paredes, e Martínez; Rius, Fernández (Acevedo), Pizzini (Camacho), Isnaldo e Benítez; Hachen (Merentiel) e Braian Romero. Técnico – Hernán Crespo.

 

GOLS – Braian Romero, aos 5, Lucas Braga aos 32 e Marcos Leonardo aos 46 minutos do segundo tempo.

 

ÁRBITRO – Leodán González (URU).

 

CARTÕES AMARELOS – Jobson e Diego Pituca (Santos) e Braian Romero e Martínez (Defensa).

 

RENDA E PÚBLICO – Jogo disputado com portões fechados.

 

LOCAL – Vila Belmiro, em Santos (SP).

Santos vence com gols de jovens e sonha com melhor campanha da Libertadores
Mais notícias