Santos perde patrocinador após contratação do atacante Robinho

A contratação de Robinho começa a causar prejuízos ao . “Por respeito às mulheres”, a Orthopride acaba de romper o contrato de patrocínio que tinha com o clube até fevereiro de 2021. O jogador foi condenado em primeira instância a nove anos de prisão por estupro, mas recorreu da decisão. A acusação é de um caso ocorrido numa boate em Milão em 2013. O crime teria acontecido junto com outros cinco homens, e a mulher seria de origem albanesa.

A empresa de ortodontia estética estampava sua marca dentro do número das camisas e não quis ter sua marca atrelada a um jogador condenado por estupro na Itália. O confirmou o rompimento do acordo.

Além de patrocinar o clube, a Orthopride também oferecia assistência odontológica para os atletas da base, ao time feminino e aos integrantes do profissional. O acordo do com a Orthopride já durava mais de dois anos e os dirigentes já negociavam a renovação.

Agora, o clube luta para não perder mais parceiros. O tenta, a todo custo, provar que Robinho foi condenado injustamente na Itália. O atacante já treina e aguarda o aval da diretoria para fazer sua estreia.

O anúncio de sua contratação, porém, vem gerando muitas críticas nas redes sociais. Será a quarta passagem do Robinho pela Vila Belmiro. Ele tem o respaldo do técnico Cuca e dos companheiros. Mas não da torcida num todo.

Santos perde patrocinador após contratação do atacante Robinho
Mais notícias