Red Bull Bragantino bate Ituano e assume liderança do Grupo D do Paulistão

Na segunda partida da noite desta sexta-feira, o Red Bull Bragantino recebeu o Ituano, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela oitava rodada da primeira fase do Campeonato Paulista, e venceu pelo placar de 2 a 1. Todos os gols saíram ainda no primeiro tempo do confronto.

Com o resultado, os comandados do técnico Felipe Conceição chegaram aos 11 pontos, um à frente do Guarani, que completa a zona de classificação ao mata-mata. Corinthians, com nove, e Ferroviária, com seis, são os demais integrantes do Grupo D. Os araraquarenses ainda enfrentam o Botafogo, no próximo domingo.

Por outro lado, os visitantes se complicam na luta pelas quartas de final. O representante de Itu aparece com nove pontos no Grupo C, o mesmo da Inter de Limeira. São Paulo, com 12, e Mirassol, com dez, formam o G-2. Além disso, os concorrentes do Ituano ainda não foi a campo nesta rodada.

Pressionado pela torcida, o Red Bull Bragantino dominou as ações nos primeiros instantes do confronto desta sexta. Matheus Jesus mostrou personalidade e assustou os visitantes com duas boas finalizações com menos de cinco minutos.

Depois dessa pequena pressão inicial, o Ituano melhorou, mas não a ponto de ameaçar. Para piorar, Ricardo Silva desviou finalização de Matheus Jesus com o braço. O atacante Ytalo foi para a cobrança do pênalti e, mesmo com leve toque do goleiro Pegorari, abriu o placar para os donos da casa, aos 23 minutos.

Logo na sequência, aos 24, o Ituano conseguiu deixar tudo igual. O lateral-direito Pacheco começou a jogada, viu Gabriel Taliari exigir bela defesa de Júlio César e apareceu para pegar o rebote, estufando as redes e deixando tudo igual.

O Red Bull Bragantino, porém, conseguiu descer para os vestiários na frente. Em falta ensaiada cobrada da intermediária, Morato encontrou Ligger, que desviou para o zagueiro Léo Ortiz recolocar os donos da casa em vantagem.

 

O início da etapa final foi bastante similar ao do primeiro tempo. Vitinho e Artur, com cerca de cinco minutos, ficaram perto de ampliar para os mandantes. Depois, os visitantes assumiram as rédeas da partida e ficaram perto de, ao menos, conseguir o empate.

 

Na melhor oportunidade, aos sete minutos, o atacante Luizinho pegou rebote e viu o goleiro Júlio César dar leve desvio na bola, que ainda pegou no travessão. Já aos 16, Baralhas parou em ótima intervenção do arqueiro bragantino.

 

O Ituano retorna a campo na próxima sexta-feira, às 21h30, quando enfrenta o Guarani, em Itu, no estádio Dr. Novelli Júnior Na outra segunda-feira, o Red Bull Bragantino encara a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas, às 20h.

 

FICHA TÉCNICA:

 

RED BULL BRAGANTINO 2 x 1 ITUANO

 

RED BULL BRAGANTINO – Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Barreto (Uillian Correia), Matheus Jesus e Vitinho (Claudinho); Morato (Pedro Naressi), Ytalo e Artur Victor. Técnico: Felipe Conceição.

 

ITUANO – Pegorari; Pacheco, Ricardo Silva, Suéliton e Breno Lopes; Baralhas (Gabriel Barros), Corrêa e Marcos Serrato; Yago (Gui Mendes), Gabriel Taliari e Luizinho (Minho). Técnico: Vinícius Bergantin.

 

ÁRBITRO – Douglas Marques das Flores.

 

CARTÕES AMARELOS – Edimar, Ligger, Ytalo (RB Bragantino); Ricardo Silva (Ituano).

 

RENDA – R$ 16.555,00.

 

PÚBLICO – 1.766 presentes.

 

LOCAL – Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.