Olimpíada de Tóquio é adiada para o próximo ano por causa do coronavírus

Primeiro-ministro japonês conversou com presidente do COI nesta terça-feira

Os Jogos Olímpicos de Tóquio, que estavam marcados para ter início em junho deste ano, serão adiados para 2021, em meio à crise global gerada pela pandemia de coronavírus. A decisão foi tomada nesta terça-feira, após uma conversa telefônica entre o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach. As informações são da agência de notícias japonesa NHK.

Até ontem, o comitê olímpico japonês descartava o cancelamento dos jogos e procurava achar uma solução para a crise de contágio de coronavírus, que vinha atrapalhando os treinos de atletas do mundo todo. O comitê, por via de anúncios oficiais, afirmava que a situação estava relativamente sob controle no Japão.

Nesta semana, porém, o comitê olímpico do Canadá anunciou que se recusaria a enviar seus atletas ao Japão, caso o país insistisse em realizar os jogos em 2020.

Embora ainda não tenha data marcada para a abertura, o premiê japonês disse à NHK que confirmou com Bach que os jogos serão realizados no verão (do Hemisfério Norte) de 2021.

 

 

Mais notícias