Ministério Público recebe laudos de vistorias no Morenão

UFMS

Na manhã desta quarta-feira, 22, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros entregaram ao Ministério Público os laudos de vistoria feitas no Estádio Pedro Pedrossian, o Morenão. Também foi entregue o laudo da Vigilância Sanitária. Todos são referentes às obras emergenciais realizadas pela Universidade e pela Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS).

“Enquanto aguardamos a obra de revitalização que será executada pelo governo do Estado em conjunto com a UFMS, temos feito uma força-tarefa todos os anos para deixar o Estádio apto para receber os jogos do Campeonato Estadual. Se olharmos em volta, é possível perceber que temos calçamento e pavimentação novos, também estamos em fase de licitação da drenagem. Além disso, há ainda a implantação do Parque da Ciência, tudo para tornar esse espaço atrativo para o público”, explicou o pró-reitor de Extensão, Cultura e Esportes Marcelo Fernandes.

O promotor Luiz Eduardo Lemos de Almeida, da 43ª promotoria do Ministério Público do estado disse que vai analisar os documentos e, provavelmente, na sexta-feira, 24, emitir o parecer a respeito da liberação do Morenão. “Recebemos os laudos de engenharia, segurança, incêndio e pânico e vigilância sanitária e vamos examinar os documentos, a fim de saber se o que está descrito tem pertinência com a conclusão. A partir disso, vamos deliberar pela liberação do Estádio, ainda que parcial, ou não”, destacou o promotor. “A legislação é bastante rigorosa e procuramos primar pela segurança, então averiguamos a parte estrutural, a capacidade do público com segurança e o mínimo de conforto e bem-estar. Estimo que até sexta-feira, tenha tempo suficiente para emitir parecer sobre esses laudos”, explicou.

O secretário especial de Gestão Política da Capital, Carlos Alberto de Assis, acredita que o parecer do MPMS seja favorável à realização das competições do Campeonato no Morenão. “Concluímos essa primeira etapa com a entrega dos laudos. A partir disso, estão trabalhando a Agência Estadual de Gestão de Empreendimento, o governo do Estado e a Universidade para finalizar o projeto, licitar e iniciar as obras de revitalização do Morenão, a fim de transformá-lo em um grande local para eventos, não apenas para competições de futebol. Os recursos já estão reservados e assim que terminar o Campeonato daremos andamento ao processo. As obras devem começar em maio”, disse.

“Fizemos uma inspeção de uma área determinada do Estádio a fim de verificarmos os itens básicos para a realização dos jogos do Campeonato, como extintores de incêndio, saídas, iluminação e sinalização de emergência, alarmes de incêndio e no dia das competições devem funcionar também a brigada de incêndio”, disse o tenente-coronel Waldemir Moreira Junior, comandante do 1º Grupamento de Bombeiros Militar. Ele também falou que em relação à vistoria realizada em novembro, as pendências haviam sido sanadas e, por isso, o parecer foi favorável à liberação parcial do Estádio para os jogos.

O coronel e comandante-geral da Polícia Militar Waldir Ribeiro Acosta explicou que foi feito um trabalho conjunto envolvendo a PM e outros órgãos de fiscalização. “Trabalhamos para propor a adoção das medidas necessárias para garantir a segurança dos torcedores. O laudo encaminhado ao Ministério Público é um documento sério. Percebemos que todos os envolvidos estavam imbuídos em tornar o Estádio um local seguro para a realização dos jogos de futebol”, comentou Acosta.

“Fizemos os reparos solicitados e é importante frisar que não faltou harmonia entre a Federação e a Universidade. Desde o ano passado, trabalhamos sem descanso para que todas as exigências fossem cumpridas”, destacou ao presidente da FFMS Francisco Cezário.

Campeonato Estadual – Caso seja liberado para as competições, o primeiro jogo deve ocorrer no Morenão no dia 1º de fevereiro. A partida será entre Comercial e Águia Negra, às 15h. A abertura do campeonato será hoje, 22, às 20h30, com a partida entre Pontaporanense e Águia Negra, no Estádio Ninho da Águia.