Juventus derrota a Roma e assume a liderança isolada do Campeonato Italiano

Em um dos duelos considerados mais complicados na temporada, a Juventus mostrou a sua força mais uma vez neste domingo e derrotou a Roma por 2 a 1, no estádio Olímpico, em Roma, pela 19.ª rodada do Campeonato Italiano. De quebra, em sua luta pelo histórico nono título consecutivo, assumiu a liderança isolada da competição, terminando o primeiro turno como o “campeão de inverno”.

Agora com 48 pontos, a Juventus ficou sozinha na ponta do campeonato graças ao tropeço da Inter de Milão no dia anterior – ficou no empate por 1 a 1 contra a Atalanta, em Milão. O rival milanês está com 46 e agora se vê ameaçada pela Lazio, que bateu em casa o Napoli por 1 a 0 e está em terceiro lugar com 42 e uma partida a menos – contra o Verona, no início de fevereiro.

No lado da Roma, só lamentação. O time permanece com 35 pontos e caiu para a quinta colocação, ficando fora da zona de classificação à próxima edição da Liga dos Campeões da Europa. A pontuação é a mesma da Atalanta, que agora fica em quarto lugar pelos critérios de desempate.

Em campo, a Juventus precisou de menos de 10 minutos para abrir 2 a 0 no placar. Aos dois, Dybala cobrou falta para a área, Demiral se antecipou a Kolarov e bateu de pé esquerdo, sem chances para López. Pouco depois, o goleiro espanhol saiu jogando com Veretout na meia-lua, o francês foi desarmado por Dybala e cometeu pênalti. Cristiano Ronaldo bateu e ampliou, aos nove.

No segundo tempo, a Juventus caiu de rendimento e a Roma aproveitou para buscar a reação. Aos 21 minutos, com auxílio do VAR, o árbitro marcou um toque de mão do lateral-esquerdo brasileiro Alex Sandro na área e Perrotti converteu o pênalti, diminuindo para o time da casa. Apesar da pressão no fim, no entanto, a equipe da capital não evitou a derrota.

OUTROS JOGOS

O domingo teve mais cinco jogos e o destaque ficou para a goleada da Sampdoria por 5 a 1 sobre o Brescia, em Gênova. O veterano centroavante Fabio Quagliarella brilhou ao marcar duas vezes – Ronaldo Vieira, Jakub Jankto e Gianluca Caprari fizeram os outros gols dos mandantes; Jhon Chancellor havia aberto o placar para os visitantes.

O resultado positivo afastou a Sampdoria da zona de rebaixamento Na 15.ª colocação, o time de Gênova subiu para 19 pontos, cinco a mais que o próprio Brescia e o rival Genoa, que foi derrotado fora de casa pelo Verona (nono) por 2 a 1. O lanterna é o SPAL, que perdeu também como visitante para a Fiorentina (14.º) por 1 a 0, em Florença.

Nos outros jogos, a Udinese derrotou o Sassuolo por 3 a 0, em Údine, e o Torino ganhou do Bologna por 1 a 0, em Turim. Nesta segunda-feira, a rodada será completada com o Parma recebendo o Lecce, no estádio Enio Tardini, em Parma.

Mais notícias