Ferj reage a anúncio da Rede Globo de não transmitir final da Taça Rio

Federação acusa emissora de distorcer decisão judicial

As reviravoltas do não param de acontecer. Na noite desta segunda (6), a 24ª Vara Cível do Rio, que obrigou a a exibir a semifinal entre Fluminense e Botafogo, decidiu que a emissora não precisa fazer o mesmo na final entre Fluminense e , tendo em vista que o rubro-negro não possui contrato com a emissora.

Em nota, a emissora confirmou que não vai exibir a final desta quarta (8) no Maracanã. “A Globo reitera seu entendimento de que o contrato foi rescindido e reafirma que os clubes estão livres para ceder os direitos sobre seus jogos”.

O anúncio causou reação da Federação de do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), que, em sorteio realizado nesta segunda, apontou o Tricolor como mandante. “A emissora distorce, às escâncaras, a ordem judicial a qual está submetida, criando subterfúgios literários para justificar sua intenção de descumprir o contrato em vigor [por força de decisão judicial] de transmissão do Campeonato Estadual da Série A de Profissionais”.

Histórico

Na última quinta (2), a Globo afirmou que não transmitiria mais jogos do , mesmo tendo adquirido os direitos de transmissão de partidas de todos os clubes que disputam a competição, com exceção do . A empresa de comunicação alega que o houve violação contratual no que diz respeito aos direitos de exclusividade após o clube rubro-negro exibir em canal próprio a partida entre e Boavista, na última quarta (1), amparado pela Medida Provisória 984.

Ferj reage a anúncio da Rede Globo de não transmitir final da Taça Rio
Mais notícias