Com muita dificuldade, Liverpool bate lanterna e fica mais perto do título inglês

O Liverpool conseguiu neste sábado o resultado que esperava, mas não do jeito que esperava. O líder disparado do Campeonato Inglês confirmou seu enorme favoritismo ao vencer fora de casa o Norwich City, mas o lanterna da competição deu muito trabalho ao poderoso adversário e acabou caindo por 1 a 0 com um gol marcado na reta final da partida.

Agora o Liverpool ostenta 25 vitórias e um empate em 26 rodadas do campeonato. É a melhor marca da história das principais ligas europeias a essa altura da competição – até então, o recorde era do Bayern de Munique, com 24 vitórias e dois empates nas 26 primeiras rodadas do Campeonato Alemão da temporada 2013/2014.

Contando a temporada passada, o campeão do mundo completou 43 jogos de invencibilidade no Campeonato Inglês, superando as 42 partidas do Nottingham Forest na temporada 1977/1978. O recorde pertence ao Arsenal: 49 jogos sem derrota, marca alcançada em 2004.

A diferença de pontos entre o Liverpool e o Manchester City agora é de 25 pontos (76 a 51). A equipe comandada por Pep Guardiola, atual bicampeã inglesa, jogará na quarta-feira contra o West Ham. O time dirigido por Jürgen Klopp deu neste sábado mais um passo para conquistar o título nacional, o que não ocorre desde 1990. A vantagem na liderança é tão grande que o Liverpool só precisa de cinco vitórias nas 12 últimas partidas para ser campeão, independentemente dos resultados do City.

Com uma defesa bem montada, o Norwich complicou muito o jogo para o Liverpool no primeiro tempo. O time de Klopp tinha a bola constantemente em seus pés e trocava muitos passes, mas não conseguia entrar na área adversária. Do outro lado do campo, o ataque dos donos da casa nada fazia, e na única vez que criou um lance de perigo o goleiro Alisson apareceu para manter o 0 a 0 no placar.

O Liverpool continuou pressionando muito o Norwich no segundo tempo, mas a resistência do lanterna do Inglês se mantinha grande. Só que, aos poucos, a defesa dos anfitriões foi cansando E aí apareceu Sadio Mané, que saiu do banco de reservas para marcar o gol da vitória. Aos 32 minutos, o senegalês recebeu um lançamento de Henderson, dominou a bola com o pé direito e rapidamente mandou um chute de pé esquerdo para abrir o placar.

Mané voltou neste sábado ao Liverpool após ter ficado fora das duas partidas do time no campeonato por causa de uma lesão muscular. Roberto Firmino ainda perdeu um gol fácil a poucos minutos do fim, mas essa chance desperdiçada não fez falta ao líder do Inglês, que já conta as semanas para comemorar o título

Horas antes, o Burnley venceu o Southampton por 2 a 1 como visitante. Com isso, chegou a 34 pontos, na décima colocação do Campeonato Inglês. Já o Southampton está em 13.º lugar, com 31.

Mais notícias