Com gols de Galhardo, Inter bate Bragantino e fica a 2 pontos do líder Atlético

Com gols de Thiago Galhardo, o Internacional quebrou uma série de quatro jogos sem vitórias ao bater o Red Bull Bragantino por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, no estádio Nabi Abi Chedid, pela 14.ª rodada do .

Com o resultado, o Bragantino perde a primeira em casa para o Internacional na história dos confrontos e segue na vice-lanterna, com 12 pontos. O Inter, por outro lado, subiu e se firmou na segunda posição, com 25, a dois do líder Mineiro, com 27.

Sem vencer há quatro jogos no Brasileirão, o time gaúcho entrou com uma postura ofensiva. A jogada era sempre para Thiago Galhardo, que novamente foi decisivo. Aos 16 minutos, o atacante recebeu na medida de Heitor e cabeceou para fazer 1 a 0.

O segundo foi muito semelhante. Edenilson, que negociava sua saída do Inter, permaneceu, fez um bom primeiro tempo, e deu bela assistência para Galhardo. O atacante, da marca do pênalti, testou mais uma para o fundo das redes. Ele ainda poderia ter feito mais, se não fosse o goleiro Júlio César, que atrapalhou o artilheiro do Brasileiro, agora, com 12 gols, quatro na frente de Marinho, do Santos.

O Bragantino começou o jogo bem, criou algumas oportunidades, mas depois foi engolindo pelo Inter. O time paulista acabou entrando na “roda” e apenas assistiu o adversário jogar. A equipe gaúcha, no entanto, tirou o pé nos minutos finais, pois a vantagem já era muito boa.

O segundo tempo foi de poucas emoções. De pé em pé, o Internacional deixou o tempo passar, sem que Marcelo Lomba trabalhasse. O goleiro ficou praticamente o jogo inteiro assistindo ao duelo. Eduardo Coudet, então, aproveitou e tirou suas principais peças, incluindo Galhardo, visando poupá-las para a sequência de jogos.

Apesar de passar a jogar em ritmo de treino, o Inter criou as oportunidades mais perigosas da etapa final. Em uma delas, Patrick recebeu sozinho dentro da área, mas acabou isolando. O Bragantino ainda ficou com um a menos, após forte entrada de Thonny Anderson em Edenílson, facilitando ainda mais a vida da equipe gaúcha, que conquistou mais três pontos na briga pela liderança.

Na próxima rodada, o Bragantino visita o -GO no domingo, às 18h15, no estádio Olímpico. No mesmo dia, às 20h30, o Internacional recebe o Athletico no Beira-Rio.

 

FICHA TÉCNICA

 

BRAGANTINO 0 X 2 INTERNACIONAL

 

BRAGANTINO – Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Raul, Ricardo Ryller (Uillian Correia) e Claudinho (Thonny Anderson); Artur (Leandrinho), Alerrandro (Ytalo) e Bruno Tubarão (Luis Phelipe). Técnico: Maurício Barbieri.

 

INTERNACIONAL – Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Boschilia (Marcos Guilherme) e Patrick (Rodrigo Moledo); Thiago Galhardo (D’Alessandro) e William Pottker (Abel Hernandez). Técnico: Eduardo Coudet.

 

GOLS – Thiago Galhardo, aos 16 e aos 24 minutos do primeiro tempo.

 

ÁRBITRO – Felipe Fernandes Lima (MG).

 

CARTÕES AMARELOS – Edimar e Ricardo Ryller (Bragantino); Edenilson, Rodrigo Lindoso e Víctor Cuesta (Internacional).

 

CARTÃO VERMELHO – Thonny Anderson (Bragantino).

 

LOCAL – Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Com gols de Galhardo, Inter bate Bragantino e fica a 2 pontos do líder Atlético
Mais notícias