Bottas vence na Rússia e adia recorde sonhado por Hamilton

Piloto britânico foi punido com a perda de dez segundos antes da troca de pneus

Aqueles que esperavam ver Lewis Hamilton fazer história neste domingo (27), igualando o recorde de 91 vitórias do alemão Michael Schumacher na F1, acabaram se decepcionando ao verem Valtteri Bottas vencer o GP da na manhã de hoje.

Pode se dizer que Hamilton perdeu a corrida antes mesmo de começar, isso porque ele foi punido com a perda de dez segundos antes da troca de pneus. A punição ocorreu pois o piloto treinou largadas em local irregular antes da corrida.

Com isso, Hamilton terminou em terceiro, a segunda posição do pódio foi ocupada por Max Verstappen. Apesar do resultado, daqui duas semanas, Hamilton corre novamente no GP do Eifel e tem uma nova chace de alcançar as 91 vitórias.

De acordo com o portal Globo Esporte, também terminaram a prova na zona de pontuação, da quarta à décima posições, Sergio Pérez (Racing Point), Daniel Ricciardo (RBR), Charles Leclerc (Ferrari), Esteban Ocon (Renault), Daniil Kvyat (AlphaTauri), Pierre Gasly (AlphaTauri) e Alexander Albon (RBR).

A vitória de Bottas foi comemorada pela Mercedes nas redes sociais.

Bottas vence na Rússia e adia recorde sonhado por Hamilton
Mais notícias