Com Supercopa, Guanandizão é reinaugurado nesta semana após 7 anos interditado

Local receberá partida da Supercopa de Vôlei na sexta-feira (30)

Depois de ficar sete anos interditado, o Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, mais conhecido como Guanandizão, será reinaugurado com partida da Supercopa de Vôlei, na sexta-feira (30).

A partida que abrirá um novo marco da história do ginásio será entre as equipes do Cruzeiro e Taubaté, respectivos campeões da Copa do Brasil e da Superliga – neste caso, o time que disputará a Supercopa liderava a competição até ser interrompida por causa da pandemia do coronavírus.

Apesar da reinauguração de um marco histórico de Campo Grande, nem todos poderão prestigiar o evento. O ginásio receberá um público de 600 pessoas convidadas pelo , prefeitura e Federação de Vôlei de MS (FVMS). Entre os presentes estarão autoridades, dirigentes e ex-atletas que fizeram parte da história do Guanandizão, informou a assessoria da (Fundação de Esporte de MS).

“O ideal seria abrir à população em geral, mas infelizmente a pandemia não nos permite. Sem a venda de ingresso, vamos chamar as federações esportivas que tiveram vínculo com a história do ginásio e combinar a distribuição de convites”, destacou o diretor-presidente da Fundação Municipal de Esportes de Campo Grande (), Rodrigo Terra.

Para a partida de inauguração, o Ginásio já começou a receber o piso oficial da (Confederação Brasileira de Voleibol). O piso é utilizado em todas as competições nacionais. A estrutura possui duas camadas emborrachadas: por baixo, placas de material EVA e por cima, o principal, rolos de taraflex. O revestimento oficial minimiza o impacto e possibilita maior conforto aos atletas, reduzindo o risco de lesões ortopédicas e musculares.

A estrutura tem o mesmo padrão exigido pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB, na sigla em inglês). Portanto, otimiza o evento-teste para a Liga das Nações no ano que vem, na Capital.

Com Supercopa, Guanandizão é reinaugurado nesta semana após 7 anos interditado

Na próxima semana, no dia 6 de novembro, será a vez das equipes femininas disputarem a competição. Duelam Praia Clube e .

Reforma

A estrutura passou por grande reestruturação, que permitiu a modernização nos padrões internacionais ao ginásio. Outra mudança foi a redução do público, que passou dos 8.240 espectadores para 6.074.

Os investimentos garantiram a reforma de banheiros, salas, vestiários, lanchonetes, além da modernização da iluminação, por exemplo. O Guanandizão recebeu ainda pintura nova, reforma da quadra e dos assentos ao público.

Com Supercopa, Guanandizão é reinaugurado nesta semana após 7 anos interditado
Cruzeiro é uma das equipes que irão inaugurar novo Guanandizão. (Divulgação/Sada Cruzeiro Vôlei)

Biossegurança

O limite de 10% da capacidade de público para a inauguração é uma forma experimental de retomar os eventos no ginásio. “Priorizando essencialmente a segurança da população”, explicou o presidente da , Marcelo Ferreira Miranda.

Entre as medidas para garantir a biossegurança no evento estão:

  • Descontaminação do ginásio antes do evento
  • Dispenser com álcool gel disponível para o público
  • Uso obrigatório de máscaras
  • Não será permitido comer, apenas ingerir água em garrafinhas individuais que serão distribuídas pela organização
  • Espaçamento entre cadeiras

Histórico

O ginásio localizado na Avenida Presidente Ernesto Geisel foi construído em 1984 e já recebeu o confronto da Liga Mundial de Vôlei entre Brasil e Portugal (2004) e show do cantor Roberto Carlos (2013).

Com Supercopa, Guanandizão é reinaugurado nesta semana após 7 anos interditado
Mais notícias