Contra o coronavírus, corrida de rua terá prova individual e com hora marcada

Largada será autorizada por fiscal e tempo será cronometrado por chip

Com a pandemia, muitas atividades precisaram se adaptar para manter o funcionamento sem deixar a segurança com a saúde de lado. Com as corridas de rua não poderia ser diferente. Para evitar aglomerações e garantir o distanciamento social, os corredores realizarão o percurso individualmente e com horário marcado.

De acordo com a Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), o participante pode agendar para realizar a prova do dia 1º a 7 de junho, no período das 6h às 20h.

Caso um grupo de participantes chegue para realizar a prova ao mesmo tempo, haverá um período de espera entre as largadas, para evitar que tenham contato durante o trajeto de 5 quilômetros, no Parque dos Poderes. O aquecimento também deverá respeitar distância de 10 metros entre cada corredor.

Com o slogan “distanciamento social sem abrir mão da saúde, a “Corrida Digital” irá obter o tempo de cada competidor de forma automatizada, por meio de um chip de cronometragem, que servirá para definir os ganhadores. A largada será acompanhada por um fiscal. Todos os integrantes da organização usarão máscaras, portarão álcool em gel individual e manterão distância mínima entre si.

De acordo com o regulamento, serão premiados os três primeiros colocados, no masculino e feminino, com medalha, troféus, certificado digital e premiação em dinheiro. O evento é destinado a atletas profissionais e amadores, com idade acima de 16 anos. O limite é de 300 inscritos – já são 280 inscrições até esta segunda-feira (1º).

Contra o coronavírus, corrida de rua terá prova individual e com hora marcada
Mais notícias