Sony confirma lançamento do Playstation 5 para o fim de 2020

Também foi confirmado o nome. O console next-gen vai mesmo se chamar PlayStation 5, ao que parece.

A empresa japonesa Sony confirmou nesta terça-feira (8) os planos de lançamento para o PlayStation 5, nova aposta para próxima geração de consoles da marca. No site oficial, Jim Ryan, Presidente e CEO, Sony Interactive Entertainment, esclareceu que o console vai chegar no final de 2020. As informações são do portal Meu PS4.

Como já antecipado pelo executivo, o site WIRED publicou hoje com exclusividade uma matéria trazendo os primeiros detalhes do aparelho. De acordo com ele: “um dos objetivos do PS5 é “levar o sentimento de imersão a um nível superior” .Para atingir esse objetivo, primeiro tivemos que repensar o “controle””.

O novo DualShock promete oferecer novas maneiras de “sentir o gameplay”, com melhorias nos gatilhos e no sistema de vibração. No entanto, poucos detalhes mais técnicos foram esclarecidos.

Ray Tracing

Quando Mark Cerny anunciou que o próximo PlayStation teria ray tracing, a expectativa da comunidade foi grande, mas as dúvidas também. Afinal, a tecnologia poderia ser somente “emulada”, não “real”. Pois bem, agora é oficial: o recurso vai ser “de verdade”.

No artigo da Wired, publicado nessa terça-feira (8), confirmando o nome PlayStation 5 para o produto e sua chegada em 2020, o arquiteto falou sobre o assunto. Segundo ele, não será nenhum malabarismo com software. É algo no próprio hardware da GPU.

“Há aceleração de ray tracing no hardware da GPU, o que acredito que é a afirmação que todos esperavam”, disse Cerny.

Para quem não sabe o que é o ray tracing, é possível conferir um pouco neste link. De um jeito bem básico, é uma tecnologia que imita a forma como a luz “pula” de um objeto para outro na cena. A renderização de reflexos, por exemplo, fica mais real.

Foi também reafirmado que o console terá uma GPU baseada na família Navi da AMD, e o processador terá a estrutura Ryzen, também da AMD. Além disso, o PS5 terá um SSD que promete tempos de carregamento muito inferiores aos da geração atual.

Jogos de 100GB

O executivo revelou que as instalações dos jogos no PS5 serão diferentes do PS4 e as mídias físicas vão usar discos ópticos de 100 GB, que serão inseridos em um drive que funciona como um reprodutor de BluRay 4K.

O PlayStation 5 contará com uma unidade óptica que funciona como um reprodutor Bluray 4K e a instalação será mais “personalizável”. Em vez de como acontecia no PS4, o processo de armazenamento dos jogos será auxiliado pelos dados simplificados através do SSD. Cerny afirmou que isso permitirá uma forma de instalação/remoção mais configurável.

“Em vez de tratar os jogos como um grande bloco de dados, estamos permitindo um acesso mais refinado aos dados”, ressaltou o executivo. Isso pode significar, como diz o site WIRED, que os jogadores poderão escolher qual parte do jogo desejam instalar. Por exemplo, deixar a campanha single player como prioritária enquanto o multiplayer é descarregado posteriormente, ou vice-versa.

Cerny também afirmou que, independentemente das partes escolhidas, os jogadores ficarão a par de todo o processo através de uma interface de usuário totalmente reformulada. A Sony parece que vai investir em novidades para o console.

Novos controles

A Sony garantiu que vai reformular o controle para o próximo hardware. O novo DualShock promete oferecer novas maneiras de “sentir o gameplay”, com melhorias nos gatilhos e no sistema de vibração. No entanto, poucos detalhes mais técnicos foram esclarecidos.

Mais notícias