Sem Rogério Ceni, Fortaleza supera CSA e volta a vencer após três rodadas

No duelo que fechou a 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, na noite desta segunda-feira, o voltou a vencer após três jogos para retomar a briga na parte de cima da tabela. Mesmo jogando fora de casa, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), já sem o técnico Rogério Ceni, que se transferiu para o Cruzeiro, o time cearense surpreendeu o e venceu por 2 a 0. Bruno Melo e Edinho fizeram os gols da partida, ambos no primeiro tempo.

Com a vitória, o ganhou duas posições e, com 17 pontos, assumiu a 12ª colocação, a sete pontos do Corinthians (24), primeiro time dentro do G6. Já o vive um momento totalmente diferente. Com apenas uma vitória em 14 jogos, o time alagoano amarga a zona de rebaixamento, na 19ª e penúltima colocação, com oito pontos.

O foi preciso quando foi ao ataque e abriu o placar logo aos 4 minutos. Juninho cobrou falta na área e Bruno Melo apareceu sozinho para cabecear para o fundo das redes, sem chances para o goleiro Jordi. Após o susto, o passou a fazer pressão pelo empate.

Aos 15, Jonatan Gomez recebeu de Didira e chutou de primeira, da entrada da área, mas a bola, que tinha destino certo, desviou na defesa e acabou saindo pela linha de fundo. No lance seguinte foi a vez de Carlinhos ter uma boa chance para deixar tudo igual no placar. Aos 16, o lateral se livrou da marcação, invadiu a área e chutou cruzado, mas parou em uma defesa de dois tempos do goleiro Felipe Alves.

A resposta do , porém, veio novamente em forma de gol. Aos 36, Romarinho lançou para Edinho na área, que ganhou na velocidade dos zagueiros para bater na saída do goleiro, ampliando o placar para o time visitante. Nos minutos finais, a partida seguiu movimentada, mas sob controle do time cearense.

Na volta do intervalo, o exerceu uma certa pressão nos primeiros minutos, mas foi o que criou a primeira chance do segundo tempo. Aos 8, Vásquez cruzou rasteiro na área com precisão, mas quando Edinho foi completar para o gol, a defesa do conseguiu afastar o perigo no momento certo.

Já, aos 15, foi a vez de enfim o criar uma boa jogada. Alan Costa lançou Euler, que limpou o zagueiro e bateu cruzado, mas parou em uma boa defesa do goleiro Felipe Alves. Nos minutos finais, aos 42, o experiente atacante Alecsandro também teve uma chance de marcar o gol de honra do time da casa, mas de voleio mandou a bola no travessão. Até por conta disso, o jogo terminou mesmo com a vitória do por 2 a 0.

Os dois times voltam a campo no próximo final de semana para a disputa da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. No sábado, o recebe o Internacional, no Castelão, às 17h. No domingo, o visita o Fluminense, no Maracanã, às 16h.

FICHA TÉCNICA:

0 x 2 FORTALEZA

– Jordi; Apodi (Dawhan), Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; Jean Kléber, João Vitor, Jonatan Gómez e Didira (Euller); Ricardo Bueno (Bustamente) e Alecsandro. Técnico: Argel Fucks.

FORTALEZA – Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Roger Carvalho e Bruno Melo; Felipe, Juninho e Mariano Vazquez (Marlon); Edinho (Osvaldo), Romarinho (André Luís) e Welligton Paulista. Técnico: Marconne Montenegro (interino).

GOLS – Bruno Melo, aos 4, e Edinho, aos 36 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Gilberto Castro Junior (PE).

CARTÕES AMARELOS – Didira, João Vitor e Alan Costa () e Gabriel Dias ().

RENDA E PÚBLICO – Não divulgados.

LOCAL – Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

Sem Rogério Ceni, Fortaleza supera CSA e volta a vencer após três rodadas
Mais notícias