Seleção feminina de basquete perde do Canadá e disputará 3º lugar da Copa América

A seleção brasileira feminina de basquete vai disputar o terceiro lugar da Copa América, que está sendo realizada em San Juan, capital de Porto Rico. Neste sábado, pelas semifinais da competição continental, o Brasil foi superado pelo Canadá por 66 a 58 (26 a 28 no primeiro tempo), em confronto equilibrado e emocionante, realizado no ginásio Coliseo Roberto Clemente.

Atual bicampeão, o Canadá chegou invicto às semifinais depois da fase de classificação. O Brasil, que não conquista o título desde 2011, tinha como missão dar mais um passo em seu processo de reconstrução no cenário mundial. Por pouco não conseguiu. Lutará pelo terceiro lugar neste domingo.

O primeiro tempo foi marcado pelo excelente desempenho defensivo do Brasil, dentro do que foi solicitado pelo técnico José Neto, com muita variação. Fato este que levou a equipe canadense a cometer alguns erros e deu a chance de as brasileiras assumirem o comando do marcador no final do segundo quarto, mesmo não sendo tão efetivo ofensivamente – 15 a 11 (primeiro período) e 11 a 17 (segundo).

Na volta do intervalo, o equilíbrio e a emoção prevaleceram, com as duas equipes rendendo o mesmo no ataque e na defesa (17 a 17) Nos 10 minutos finais, o duelo seguiu acirrado e emocionante até os últimos instantes, quando o Canadá conseguiu desgarrar no marcador e o Brasil não teve força para reagir, pois o aproveitamento ofensivo seguiu baixo (23 a 13).

Damiris, com 16 pontos, cresceu durante a partida e saiu de quadra como a cestinha brasileira. Clarissa, com 14 pontos e sete rebotes, e Érika, com oito pontos e nove rebotes, foram outros destaques da partida. Pelo Canadá, Shay Colley brilhou com 23 pontos.

Mesmo com a queda nas semifinais, a seleção brasileira já se garantiu no Pré-Olímpico das Américas, que terá dois grupos de quatro equipes e apenas os dois primeiros de cada lado se classificam para o qualificatório intercontinental com outras 12 seleções, sendo seis da Europa, quatro da Ásia/Oceania e duas da África.

Mais notícias