São Paulo sai atrás, arranca empate com o CSA no Morumbi e segue fora do G4

O São Paulo sofreu para buscar apenas o empate por 1 a 1 com o CSA, na noite deste domingo, no último jogo do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Os visitantes surpreenderam e saíram na frente, mas a equipe tricolor marcou aos 41 minutos do segundo tempo, com Reinaldo.

Antes de chegar ao empate, torcedores chamavam o time de “amarelão” e “sem vergonha” no Morumbi. O São Paulo não vence há quatro jogos, com duas derrotas e dois empates. A equipe não marcava havia três partidas e agora caiu para o sexto lugar da tabela do Brasileirão, com 32 pontos. No final do jogo, o time foi vaiado pela torcida. Já o CSA soma 16 pontos e ocupa o 18º lugar, dentro da zona de rebaixamento.

O técnico Cuca escalou o São Paulo com várias novidades. Daniel Alves atuou pela primeira vez na lateral-direita, sua posição de origem, desde que estreou pela equipe. Hernanes voltou de lesão e fez a função de meia, enquanto Pablo também retornou de problema físico e reassumiu a vaga de centroavante. Alexandre Pato, outro que estava no departamento médico, entrou no intervalo.

O time teve muito mais qualidade do que nos últimos jogos, e pressionou o CSA principalmente na parte final do primeiro tempo O goleiro Jordi fez boas defesas e salvou sua equipe, mas também contou com a falta de pontaria de Reinaldo e Pablo. O lateral-esquerdo e o atacante tiveram as melhores chances da etapa inicial.

Um dos destaques da partida foi o duelo entre Daniel Alves e Apodi, que também é lateral-direito de origem, mas atuou como atacante aberto pela esquerda. O jogador se destaca mais pela velocidade do que pela técnica e não desgrudava do são-paulino. Na única vez que Daniel Alves apareceu livre no ataque, Antony cortou para o meio e chutou em cima do zagueiro adversário. O lateral reclamou com o atacante, que disse não ter escutado o companheiro pedir a bola.

Com a pressão no fim do primeiro tempo e a entrada de Pato, a expectativa era de que o São Paulo não demoraria a abrir o placar na etapa final. No entanto, o CSA foi quem voltou melhor do intervalo, acertou a trave com Euller aos quatro minutos e marcou aos nove. Apodi tocou para Alecsandro, a bola sobrou para Naldo, que ajeitou para Bustamante mandar para o fundo da rede.

O gol fez Cuca mudar o São Paulo. Entraram Toró, outro que voltou de lesão, e Igor Gomes. A equipe ficou mais exposta e Tchê Tchê foi preciso ao desarmar Apodi em contra-ataque perigoso do CSA. Por outro lado, o time tricolor passou a pressionar e tentar achar espaço na zaga adversária.

Todos os jogadores do São Paulo afundaram no campo ofensivo, deixando só os zagueiros Bruno Alves e Arboleda na linha de meio-campo. Virou um jogo de ataque contra defesa, com o CSA fechado e buscando os contragolpes.

O gol do São Paulo só foi sair aos 41 minutos do segundo tempo. Após cruzamento de Daniel Alves e confusão na área, a bola sobrou para Reinaldo chegar de carrinho e igualar partida. O empate diminuiu o prejuízo, mas é muito pouco para uma equipe que briga pelos primeiros lugares da tabela em um jogo contra um time que está na zona de rebaixamento.

Mais notícias