Publicidade

No reencontro com Ceni, São Paulo vence o Fortaleza e encosta na liderança

No jogo que marcou a primeira vez que Rogério Ceni enfrentou o São Paulo, um ex-companheiro do técnico do Fortaleza foi o autor do gol da partida: Hernanes deu a vitória por 1 a 0 ao time paulista, que chegou a dez pontos e igualou-se a Palmeiras e Santos nas primeiras colocações do Brasileirão. A equipe do Morumbi está em terceiro lugar na tabela porque tem saldo de gols menor que o dos rivais.

Curiosamente, foi Hernanes o responsável por entregar uma camisa do São Paulo para Rogério Ceni antes do início do jogo. O treinador também foi muito festejado nas arquibancadas do Castelão. A torcida do Fortaleza preparou um mosaico com a imagem do técnico e a mensagem “gratidão, Ceni”. Do outro lado do estádio, a principal organizada da equipe paulista estendeu um bandeirão com a imagem do maior ídolo do clube.

As homenagens emocionaram Ceni, que agradeceu com os olhos marejados. “Muito grato pela história de vida, firam quase 26 anos no São Paulo, e fico impressionado com o carinho do torcedor aqui. É hora de tentar a nossa vitória. Vamos, Leão”, disse o treinador antes de a bola rolar.

Com o que viu em campo, porém, Ceni praticamente não teve emoções. As equipes não empolgaram na partida válida pela quarta rodada do Brasileirão. Enquanto o São Paulo encostou na liderança, o Fortaleza permanece com três pontos na tabela e está logo acima da zona de rebaixamento, em 16º lugar.

Na quinta rodada, o São Paulo recebe o Bahia no próximo domingo, às 11h, no Morumbi. O Fortaleza entrará em campo no mesmo dia, às 16h, contra a Chapecoense, em Chapecó.

Mais notícias