México massacra Cuba na primeira rodada da Copa Ouro; Canadá goleia Martinica

Com três gols de Uriel Antuna e dois de Raúl Jimenez, o México massacrou Cuba, por 7 a 0, neste domingo, no estádio Rose Bowl, em Los Angeles, pela primeira rodada do Grupo A da Copa Ouro. Diego Reyes e Alexis Vega completaram a goleada.

A partida serviu apenas para testar o ataque mexicano, tal a fragilidade da equipe cubana. Antes do primeiro gol de Antuna, aos dois minutos de jogo, o México já havia conseguido dois lances de perigo.

O massacre só não foi maior porque os mexicanos demonstraram muita ansiedade para finalizar as jogadas e cometeram erros bobos diante do goleiro cubano Sanchez, um dos destaques da partida. Suas boas defesas impediram um placar mais elástico.

No primeiro tempo, a vantagem mexicana já era de 4 a 0. Todos os gols da partida, devido à quase inexistente marcação, foram definidos dentro da área cubana. “Fizemos uma grande partida, tomamos a iniciativa desde o início e o primeiro gol nos ajudou, abriu a defesa deles”, disse Jimenez, jogador do time inglês do Wolverhampton Wanders.

Este foi o primeiro jogo oficial do técnico argentino Gerardo “Tata” Martino no comando da seleção mexicana. Ele contratado em janeiro e venceu três amistosos de preparação.

No outro jogo da rodada do grupo, em um duelo muito fraco tecnicamente, o Canadá marcou 4 a 0 sobre Martinica. Mas o placar foi enganoso, pois o time martinicano teve boas oportunidades na partida. O problema da equipe caribenha foi o setor defensivo, que cometeu vários erros, principalmente na saída de bola.

Jonathan David marcou duas vezes para a seleção canadense, enquanto Junior Hoillet e Scott Arfield anotaram um gol cada.

A segunda rodada do grupo está prevista para quarta-feira com os seguintes confrontos: Cuba x Martinica e México x Canadá.

O jogador de 21 anos foi um substituto de última hora para o zagueiro lesionado Jorge Sanchez na equipe do México para o torneio e a soma pagou grandes dividendos.

O meio-campista do LA Galaxy, emprestado pelo Manchester City, deu ao México o início perfeito da conquista do sétimo título da Copa de Ouro, quando marcou no segundo minuto da partida, momentos depois de Raul Jimenez acertar a trave de perto.

– Copa Ouro da CONCACAF: Tudo o que você precisa saber

– Horários dos jogos da Full Gold Cup

Antuna, que acabou de fazer sua estreia internacional há 10 dias fora do banco de reservas contra a Venezuela, deu a sua equipe uma vantagem de 4 a 0 aos 44 minutos do segundo tempo, e terminou a noite com um gol nos 80 ‘.

A estrela do Wolverhampton Wanders, Jimenez, marcou duas vezes, enquanto Diego Reyes e Ernesto Vega também fizeram o mesmo para o El Tri.

Recebido por uma multidão de apoio, o México não mostrou nenhum sinal de decepcionar seus torcedores, apesar de perder figuras-chave como Hector Herrera, Javier “Chicharito” Hernandez, Carlos Vela e Hirving Lozano de sua equipe.

Foi a primeira vitória competitiva do novo técnico Gerardo “Tata” Martino, contratado em janeiro e que venceu três vitórias de amistoso contra a oposição sul-americana.

“Fiquei surpreso que eu ia começar”, disse Antuna à Univision após a partida. “Mas eu aproveitei a situação, [Martino] demonstrou muita confiança em mim.”

Cuba, que fez sua primeira aparição na Copa de Ouro desde 2015, perdeu quatro vezes para o México em outras tantas reuniões no campeonato bienal da América do Norte, América Central e Caribe.

Mais notícias