Lanterna, Avaí surpreende Flu no Maracanã e fatura 1ª vitória no Brasileirão

O enfim conquistou a sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. De forma surpreendente, derrotou o Fluminense, por 1 a 0, nesta segunda-feira à noite, no Maracanã, no Rio de Janeiro, no encerramento da 17ª rodada. A equipe catarinense não vencia uma partida desde 7 de abril e terminou um jejum de 19 jogos. Assim como ocorreu contra CSA e Goiás, o time carioca dominou, perdeu muitas chances e acabou derrotado.

Apesar do triunfo, o continua na lanterna, agora com dez pontos. O Fluminense prossegue em 18º lugar, com apenas 12 pontos. Entre os pouco mais de 16 mil presentes ao Maracanã esteve Jorge Jesus, técnico do Flamengo, adversário do , no sábado, às 17 horas, na Ressacada.

Oswaldo de Oliveira e Alberto Valentim prometeram e cumpriram, ao colocarem suas equipes no ataque nesta noite. O primeiro tempo mostrou que Fluminense e podem fazer uma campanha melhor no Brasileiro. As equipes foram ofensivas e o placar sem gols não representou os 45 minutos muito bem jogados.

O Fluminense teve em Allan um “motorzinho” no meio-campo, Nenê foi o responsável pelas jogadas, que teve como foco a velocidade de Wellington Nem. Na conclusão, João Pedro teve um duelo particular com Vladimir. Em pelo menos quatro momentos, o atacante carioca teve chance de marcar, mas foi bloqueado pela boa atuação do goleiro.

Aos 37 minutos, o instante mais sensacional da partida. João Pedro, Nenê e Ganso tiveram chance de marcar, mas falharam na hora de marcar. Nenê chegou a colocar Vladimir no chão, mas exagerou no preciosismo na hora de finalizar e propiciou a defesa do goleiro. Foram 14 finalizações da equipe carioca, contra apenas duas dos catarinenses.

Do lado do , além da atuação destacada de Vladimir, o time teve bons momentos armados pela força física do lateral-direito Iury, pela qualidade técnica de Caio Paulista e pela dedicação de Lourenço.

O segundo tempo começou com a mesma intensidade do primeiro. E o confronto João Pedro e Vladimir teve outros capítulos. A pressão do Fluminense era muito grande. Aos 17, Yony González perdeu grande chance. Aos 25, mais uma vez.

De tanto desperdiçar oportunidades, o Fluminense sofreu o castigo. Com a ajuda do VAR, o árbitro marcou pênalti de Caio em Iury. João Paulo bateu com categoria e abriu o placar, aos 41 minutos.

Os instantes finais foram de total desespero do Fluminense, que foi vaiado pela torcida. Sobrou até para o técnico Oswaldo de Oliveira em seu segundo jogo no comando do time das Laranjeiras. O resultado foi um presente para a equipe de Santa Catarina, que completou 96 anos no domingo.

 

FICHA TÉCNICA:

 

FLUMINENSE 0 x 1 AVAÍ

 

FLUMINENSE – Muriel; Igor Julião, Nino, Digão e Caio Henrique; Allan, Ganso (Caio), Nenê e João Pedro (Lucão); Yony González e Wellington Nem (Marcos Paulo). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

 

AVAÍ – Vladimir; Iury, Ricardo, Marquinhos Silva e Igor Fernandes; Pedro Castro, Richard Franco, João Paulo (Matheus Barbosa) e Caio Paulista; Brenner (Jonathan) e Lourenço (Mosquera). Técnico: Alberto Valentim.

 

GOL – João Paulo (pênalti), aos 41 minutos do segundo tempo.

 

ÁRBITRO – Raphael Claus (SP).

 

CARTÕES AMARELOS – Allan, Ricardo, Nino e Caio.

 

RENDA – R$ 179.235,00

 

PÚBLICO – 16.043 pagantes (16.811 no total).

 

LOCAL – Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Lanterna, Avaí surpreende Flu no Maracanã e fatura 1ª vitória no Brasileirão
Mais notícias