Jessica ‘Bate-Estaca’ oferece flor a Namajunas em pesagem do UFC 237

GazetaEsportiva

A brasileira Jessica ‘Bate-Estaca’ Andrade adotou a irreverência durante a cerimônia de pesagem do UFC 237, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro. Prestes a entrar no octógono pelo cinturão do peso-palha, a lutadora da casa ofereceu uma rosa à oponente e atual campeã da categoria, Rose Namajunas.

Com um público animado nas arquibancadas, Jessica mostrou bastante personalidade na pesagem e em nenhum momento se mostrou apreensiva para a adversária, que, ao contrário da brasileira, manteve um semblante sério durante todo o tempo em que esteve no palco, evitando, inclusive, tirar a camiseta, algo comum nas pesagens.

“Fiz de tudo que eu podia, me preparei de todas as formas para tentar anular todos os jogos que a Rose possa usar. Estou pronta, estou em casa, conto com a energia de vocês. Vamos para a vitória”, disse Jessica após bater o peso necessário.

Outra estrela da noite deste sábado, Anderson Silva foi ovacionado por todos que estavam presentes na Arena na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O principal nome brasileiro no UFC foi carismático, como de costume, e não protagonizou qualquer polêmica com Jared Cannonier, que subiu ao palco com um pente entre seus cabelos para a pesagem do peso-médio.

Aos 44 anos, o “Spider” segue como protagonista brasileiro no principal evento de MMA do planeta e, embora consagrado, terá de lidar com a grande pressão de mais uma vez corresponder às expectativas atuando no Rio de Janeiro, desta vez enfrentando um oponente nove anos mais novo.

Além de Anderson Silva, outra lenda brasileira do UFC também presenciou o alvoroço da torcida. José Aldo, que irá enfrentar Alexander Volkanovski, foi mais discreto, mas também teve um aperitivo da força que virá das arquibancadas na noite deste domingo, quando entrará em ação no octógono na categoria peso-pena.

Com o objetivo de encerrar a carreira neste ano e com o cinturão em sua posse novamente, José Aldo terá de superar um dos atletas que vem em uma crescente no UFC. Ainda assim, o manaura conta com o favoritismo, ao menos, nas casas de apostas. A ver o que uma das lutas do card principal reservará ao lutador brasileiro.

 

 

Mais notícias