Goiás vence a Chapecoense e sobe para o nono lugar no Brasileirão

A oitava rodada do Campeonato Brasileiro terminou nesta segunda-feira com o Goiás subindo na tabela. O time do técnico Claudinei Oliveira recebeu a Chapecoense no estádio Serra Dourada e venceu por 3 a 1, com dois gols de Kayke e um de Jefferson. Rafael Pereira anotou o gol do clube catarinense.

Com a vitória, o Goiás chegou aos 12 pontos e ficou com a nona colocação. Corinthians, Athletico-PR e Ceará foram ultrapassados Os corintianos e o próprio time goiano, no entanto, têm um jogo a menos, já que a partida que aconteceria entre eles pela sétima rodada foi adiada.

Na parte de baixo da tabela, a Chapecoense voltou a se complicar e caiu para a 16.ª colocação, com os mesmos sete pontos que o 17 º Fortaleza, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. O time catarinense está na frente porque vence no saldo de gols (-4 a -6).

Em campo, a Chapecoense não se intimidou e frequentou o campo de ataque desde os primeiros minutos e fez com que a etapa inicial fosse bastante equilibrada. Ainda que a intensidade não tenha sido das maiores, os dois times conseguiram criar algumas boas oportunidades.

O zero só foi sair do placar nos minutos finais antes do intervalo. O árbitro marcou pênalti por toque de Márcio Araújo em Léo dentro da área, após consulta ao VAR, e Kayke coverteu, aos 35 minutos. O empate saiu aos 43, quando Camilo cobrou falta na área e Rafael Pereira apareceu por trás da zaga para cabecear no canto direito de Tadeu.

No segundo tempo, o equilíbrio não se repetiu. O Goiás voltou mais ligado e dominou as ações do jogo, pressionando o adversário. A situação ficou mais favorável após a expulsão de Bruno Pacheco, da Chapecoense, aos 19 minutos.

O time catarinense até se arriscou no ataque, mesmo com um a menos, mas focou em segurar o empate, sem sucesso. Aos 32 minutos, Jefferson aproveitou passe de Giovanni Augusto e bateu com força para colocar o time da casa à frente do placar. Ainda deu tempo de Kayke ampliar, aos 46, em nova cobrança de pênalti

Os dois times voltam a campo às 20 horas da próxima quinta-feira para a disputa da nona rodada, a última antes da paralisação para a Copa América. A Chapecoense receberá o Fluminense na Arena Condá, enquanto o Goiás jogará de novo no Serra Dourada, desta vez contra o Athletico-PR.

 

FICHA TÉCNICA

 

GOIÁS 3 X 1 CHAPECOENSE

 

GOIÁS – Tadeu; Daniel Guedes, David Duarte (Rafael Vaz), Yago e Jefferson; Geovane, Léo Sena (Yago Felipe) e Giovanni Augusto (Marlone); Michael, Kayke e Leandro Barcia. Técnico: Claudinei Oliveira.

 

CHAPECOENSE – Tiepo; Bryan (Diego Torres), Gum, Rafael Pereira e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo, Gustavo Campanharo (Renato Kayzer) e Camilo (Fernandes); Everaldo e Artur Gomes. Técnico: Enderson Moreira.

 

GOLS – Kayke, aos 35, e Rafael Pereira, aos 43 minutos do primeiro tempo; Jefferson, aos 32, e Kayke, aos 46 minutos do segundo tempo.

 

ÁRBITRO – Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG).

 

CARTÕES AMARELOS – Geovane e Leandro Barcia (Goiás).

 

CARTÃO VERMELHO – Bruno Pacheco (Chapecoense).

 

RENDA – R$ 121.680,00.

 

PÚBLICO – 6.445 pagantes (7.756 total).

 

LOCAL – Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Mais notícias