Etapa nacional de racha de carros será disputada no sábado em Campo Grande

Prêmio de R$ 20 mil atrai pilotos de todo o País

Pilotos de todo o País estarão na Capital neste fim de semana para a maior disputa de racha do Brasil. A 2ª edição do Armageddon Etapa Campo Grande acontece no sábado (13), a partir do meio dia, no Autódromo Internacional.

Representantes de pelo menos 10 estados devem participar da disputa entre listas e a premiação é de R$ 20 mil. A atual campeã, a Lista Área 67, venceu a última edição da prova que foi realizada em Londrina (PR) no ano passado. O piloto Rafael Tolini, de Campo Grande venceu a disputa com sua Volkswagen Saveiro 4×4 ‘Piruka Racing’.

O evento tem o apoio da Funesp (Fundação de Esporte e Lazer de Campo Grande), Detran-MS (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul), Prefeitura e Câmara Municipal. Para mais informações sobre horários e ingressos, o telefone para contato é o (67) 9 9830-8864, ou pelo site.

Racha de rua é crime

Desde 2017, a APPA 67 (Associação dos Pilotos Amadores de Automóvel Misto de Competição, Motocicleta e Preparadores do Estado de Mato Grosso do Sul), promove a campanha “Racha de rua é crime! Correr só no autódromo.”

O objetivo, conforme a organização do evento, é incentivar que os tradicionais ‘rachas [corridas ilícitas praticadas em áreas urbanas, rurais e rodovias]’, não sejam praticados em vias públicas, mas em locais fechados e com organização.

De acordo com a Lei n° 12.971/14, os rachas são corridas ilegais entre automóveis, que colocam em risco a vida dos participantes e de pessoas inocentes que não guardam qualquer relação com a corrida. O Art. 308 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro) prevê pena de 6 meses a 3 anos de detenção, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação.

Mais notícias