Em reedição da semi da Libertadores, Flamengo bate o Grêmio por 1×0 e Gabigol é expulso

Gabigol provocou a torcida do Grêmio e faz referência à goleada do Flamengo e contando até cinco

O Esporte Clube de Regatas do Flamengo venceu o Grêmio por 1 a 0 na tarde deste domingo (17) pela 33ª rodada do Brasileirão série A. O duelo, reedição da semifinal da Taça Libertadores, foi marcado pela expulsão de uma das estrelas do rubro-negro na temporada, Gabigol, aos 75 minutos. O jogo aconteceu em Porto Alegre e o time carioca ficou mais perto de ser campeão brasileiro.

Mesmo tendo iniciado o jogo com apenas três titulares, uma preservação para a final da Libertadores contra o River Plate, no próximo sábado dia 23, em Lima, o Rubro-Negro foi melhor no primeiro tempo, no qual abriu o placar com gol de Gabriel, de pênalti. O atacante foi expulso no segundo tempo, o que gerou uma grande pressão do time gaúcho. O Flamengo soube suportar e confirmou mais três pontos, aumentando a vantagem agora para 13 pontos sobre o Palmeiras, o segundo colocado.

No momento da expulsão, o atacante provocou a torcida rival, na Arena do Grêmio, mostrando a mão e contando até cinco em alusão à goleada do Flamengo sobre o time de Porto Alegre em outubro. Primeiro, Gabigol recebeu amarelo por reclamar do auxiliar. Irônico, o camisa 9 aplaudiu a decisão de Rafael Claus, e o árbitro mostrou o segundo amarelo e, em seguida, o vermelho.

Mais notícias