De olho na semifinal do Mundial de Clubes, Flamengo faz 1º treino no Catar

Depois de assistir no estádio ao jogo que definiu o seu adversário e descansar em razão da longa viagem, o Flamengo realizou na manhã deste domingo o primeiro treino em Doha, no Catar, visando a estreia no Mundial de Clubes, marcada para esta terça-feira, às 14h30 de Brasília) contra o Al Hilal, da Arábia Saudita.

As atividades tiveram início por volta das 10 horas (horário local, 4h de Brasília). Primeiro, os jogadores fizeram trabalhos físicos na academia. Depois, o elenco treinou com bola no gramado do Estádio Abdullah bin Khalifa. Os atletas conheceram a bola do torneio, que é diferente da utilizada no futebol brasileiro.

Apenas os 15 minutos iniciais foram abertos à imprensa. Pôde-se observar os atletas apenas fazendo o aquecimento. A atividade foi assistida pelo ex-lateral Leandro, campeão mundial pelo Flamengo em 1981. Ídolo do clube carioca, ele é o chefe da delegação em Doha.

“Quando vencemos a Libertadores, o Raul (Plassmann, ex-goleiro) nos reuniu e disse que era uma oportunidade única que devíamos agarrar com unhas e dentes. É o mesmo que falo para esse pessoal”, disse Leandro.

Depois do treinamento, alguns jogadores, como Filipe Luís, Rodrigo Caio e Everton Ribeiro, foram atender os torcedores que estavam do lado de fora do estádio, esperando o final da atividade. Eles tiraram fotos e deram autógrafos. O Governo do Catar estima que Doha vai receber cerca de 15 mil flamenguistas caso o time rubro-negro avance à final do Mundial.

De olho na semifinal do Mundial de Clubes, Flamengo faz 1º treino no Catar
Mais notícias