Publicidade

Com gol nos acréscimos, Liverpool bate o Tottenham e retoma a liderança do Inglês

Com drama e emoção, o Liverpool está, mais uma vez, de volta à liderança do Campeonato Inglês. Um gol contra nos acréscimos definiu a vitória por 2 a 1 sobre o Tottenham neste domingo, em casa, no Anfield Road, e fez com que a equipe do técnico Jürgen Klopp retomasse a ponta na classificação, assumida temporariamente pelo Manchester City no sábado.

O triunfo, o terceiro seguido no torneio – está invicto há 12 jogos – deixa o Liverpool na liderança com 79 pontos, dois a mais que o City, que venceu o Fulham no sábado e tem um jogo a menos. Os dois polarizam uma briga espetacular pelo título do torneio nacional rodada a rodada.

O Tottenham está logo abaixo, forte, apesar do revés, na briga por uma das vagas na Liga dos Campeões da próxima temporada. É o terceiro colocado, com 61 pontos, mesma pontuação do Manchester United, mas à frente por possuir saldo de gols superior (24 contra 19). Contudo, o Arsenal, sexto colocado, com 60 pontos, ainda entra em campo e subirá para terceiro caso vença o Newcastle em Londres.

Tido muitas vezes como azarado, o Liverpool não pode reclamar da falta de sorte neste domingo. A equipe de Klopp fez 1 a 0, teve chances para ampliar, levou o empate, mas se lançou à frente e contou com um gol fortuito nos acréscimos para vencer a partida.

Roberto Firmino, que parece estar voltando à sua melhor forma, teve atuação decisiva. O brasileiro abriu o placar aos 15 minutos do primeiro tempo em cabeceio potente, concluindo cruzamento de Robertson da esquerda. Após o gol, o Liverpool, muito ligado na partida, seguiu melhor e chegou perto de fazer o segundo. Na melhor das chances, Mané buscou o ângulo de Lloris, mas a bola saiu por pouco.

Na etapa final, depois de suportar a pressão do rival, o Tottenham, enfim, acordou na partida. Harry Kane obrigou Alisson a fazer grande defesa em chute cruzado, como mostra de que o time estava no jogo e tentaria o empate, que veio aos 24, fruto de inteligência e agilidade em um dos poucos momentos de desatenção do Liverpool no jogo. Kane cobrou falta rápida do meio de campo e encontrou Trippier na direita. O lateral acionou Eriksen, que chutou errado, mas acabou encontrando Lucas livre no miolo da área para empurrar para o gol.

Na reta final da partida, com o Liverpool exposto em busca da vitória, o Tottenham teve três oportunidades para virar o jogo em contra-ataques, mas desperdiçou todas. A melhor delas saiu dos pés de Sissoko, que, frente a frente com Alisson, chutou por cima do gol e mostrou que a sorte, desta vez, estava do lado do Liverpool.

Os mandantes fizeram o Anfield explodir aos 45 minutos da etapa final. Na base do abafa, o Liverpool chegou à vitória com um gol contra. Salah, livre, recebeu cruzamento da esquerda e cabeceou sem muita força na direção de Lloris, que soltou a bola na perna de Alderweireld. O toque foi suficiente para a bola entrar de mansinho no gol recolocar o Liverpool na liderança.

Mais notícias