Ceará e Bahia empatam sem gols no Castelão pelo Brasileirão

O Bahia pontuou na briga para se manter na parte de cima da classificação do Campeonato Brasileiro. Em jogo sem grandes emoções, o time de Salvador ficou no 0 a 0 contra o Ceará, no Castelão, em Fortaleza, pela sétima rodada, neste sábado.

Com o resultado, o Bahia atingiu o G4 do Brasileirão, com 14 pontos, deixando para trás Flamengo e Santos, que entram em campo neste domingo. O Ceará, por sua vez, segue em posição intermediária, com dez pontos.

Bahia e Ceará fizeram um primeiro tempo frio e sem gols. Os donos da casa ficaram mais com a bola, só que não furaram o bloqueio imposto pelo time baiano. Desta forma, o Ceará levou perigo apenas em chutes de fora da área. Bastante acionados no campo de ataque, Samuel Xavier e Carleto tentaram de longe, mas pararam em Douglas.

A estratégia dos visitantes deu resultado com as poucas chances criadas pelo Ceará. Aos poucos, o Bahia saiu para o ataque, usando a referência de Fernandão nas bolas longas. Aos 43 minutos, o centroavante ajeitou para Arthur Caike, mas o chute saiu por cima da meta. Logo em seguida, a dupla voltou a funcionar. Fernandão tentou de bicicleta, Caike ficou com a sobra e acertou o pé da trave de Diogo Silva.

O segundo tempo foi mais movimentado, com as duas equipes mais soltas em campo. A primeira chegada perigosa veio pelo lado dos mandantes. Thiago Galhardo escapou em velocidade, ficou de frente para o gol e arriscou. Douglas caiu bem para fazer a defesa. No rebote, Leandro Carvalho tentou finalizar, mas acabou travado por Nino Paraíba. A resposta do Bahia veio em seguida. Arthur Caike recebeu dentro da área e finalizou colocado, carimbando a trave de Diogo Silva.

Apesar do susto, o Ceará seguiu em cima. Thiago Galhardo recebeu em velocidade pelo lado direito e tocou na saída de Douglas. A bola, no entanto, saiu pela linha de fundo. O Bahia não conseguiu mais encaixar contra-ataques e sofreu pressão do adversário nos minutos finais. Em meio a velocidade da partida, Ricardinho caprichou em cobrança de falta, mas Douglas mandou para escanteio, aos 37. No final, Thiago Galhardo teve a última chance de marcar, mas parou em Douglas novamente.

Mais notícias