Publicidade

Bahia goleia o Londrina e encaminha vaga na Copa do Brasil

GazetaEsportiva

O Bahia encaminhou a vaga às oitavas de final da Copa do Brasil na noite desta quinta-feira. Jogando na Fonte Nova pela partida de ida da quarta fase, o time de Roger Machado aproveitou o fator da casa e venceu o Londrina por 4 a 0, com gols de Nino Paraíba, Artur, Fernandão e Arthur Caíke.

Com o resultado obtido dentro de seus domínios, o Bahia vai o Paraná podendo perder até por três gols de diferença para avançar. O embate decisivo está programado para a próxima quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), no Estádio do Café. Antes, porém, o Tricolor decide o Campeonato Baiano com o Bahia de Feira após empatar a ida em 1 a 1.

Depois de ações relacionadas ao Novembro Negro e ao Carnaval, o Tricolor de Aço homenageou os povos indígenas. Diante da equipe paranaense, o Bahia grifou nomes do passado e do presente na camisa dos jogadores um dia antes do Dia do Índio, comemorado nesta sexta-feira. Entre os reverenciados, estava a lenda do futebol Mané Garrincha.

O Jogo – Apesar de nenhuma das equipes ter tomado o controle da partida no início, o Bahia se mostrava mais incisivo e, após assustar o Londrina em três oportunidades, abriu o placar aos 24 minutos, quando Artur ganhou de Raí Ramos e deu um belo passe nas costas da zaga para Arthur Caíke, que aproveitou a saída do goleiro para bater forte e balançar as redes.

Aproveitando o bom momento e a disposição física de Nino Paraíba, o Bahia chegou ao segundo gol na sequência. O lateral-direito arrancou do campo de defesa, encontrou Gilberto e apareceu na área, onde recebeu passe do centroavante, dominou e arrematou com categoria para aumentar a vantagem tricolor.

Se a situação do Tricolor de Aço já era confortável ao final da primeira etapa, ficou ainda mais por conta de uma atitude infantil de Paulinho Moccelin. O atacante perdeu a bola para Gilberto, se irritou, acertou o rival com o braço na altura da cabeça e acabou expulso direto pelo árbitro Péricles Bassols, deixando o Londrina com um jogador a menos.

Apesar da superioridade numérica durante todo o segundo tempo, o Bahia teve mais dificuldades do que no período inicial. Ainda assim, chegou ao terceiro em mais uma arrancada de Nino Paraíba, que cruzou para Artur cabecear e fazer o terceiro na reta final. Nos acréscimos, Fernandão marcou em mais uma cabeçada e transformou a vitória em goleada: 4 a 0.

 

Mais notícias