Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Ataque funciona e Corinthians encaminha vaga com vitória no Ceará

GazetaEsportiva

Uma boa atuação dos seus jogadores de frente e mudanças precisas do técnico Fábio Carille fizeram com que o Corinthians ficasse mais perto de uma vaga na quarta fase da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira, em Fortaleza. Com gols de Júnior Urso, em passe de Boselli, Vagner Love e Jadson, o Alvinegro foi superior na casa do Ceará e venceu por 3 a 1, sendo vazado apenas em pênalti cobrado por Juninho.

Com o resultado, construído no segundo tempo, o Timão pode até perder por um gol de diferença que se classifica no segundo jogo. O Vozão, por sua vez, precisa de uma vitória por dois gols para levar aos pênaltis e três de diferença para avançar no tempo normal. A decisão será disputada no dia 3 de abril, às 21h30 (de Brasília), na Arena Corinthians, em mando definido por sorteio na Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Os comandados de Fábio Carille agora voltam a focar atenção no Campeonato Paulista, que está próximo de encerrar sua fase de grupos. Em busca de uma vitória nas duas últimas rodadas para assegurar sua classificação, o Timão encara o Oeste, no domingo, na Arena. Lisca e seu elenco, por outro lado, encaram o clássico local contra o Fortaleza, no domingo, às 18h (de Brasília), no Castelão.

Corinthians começa bem, mas “murcha”

O primeiro tempo prometia um jogo bastante truncado pela dificuldade em fazer a bola rolar no gramado do estádio do Castelão, atingido por chuva forte nas horas que antecederam o duelo. As poças fizeram com que o árbitro Leandro Vuaden adiasse o começo da partida em 25 minutos, com bola rolando apenas próximo das 22h (de Brasília) na capital cearense.

Em campo, porém, o Timão conseguiu aproveitar-se de uma parte mais seca em seu ataque para trocar passes rápidos e chegar com perigo aos seis minutos, quando Vagner Love invadiu a pequena área e foi derrubado por Brock. O juiz mandou seguir o lance, mas, pouco depois, o gol saiu: cruzamento de Clayson na segunda trave e Boselli, impedido, ajeitou para Júnior Urso cabecear no canto.

O Alvinegro viu em Clayson uma boa válvula de escape pela esquerda e fazia jogo tranquilo até que, aos 22 minutos, Manoel subiu para disputar bola com Fabinho e derrubou o adversário. Vuaden anotou pênalti e Juninho mostrou muita categoria para deslocar Cássio e bater rasteiro, no canto direito, sem chances de defesa.

A penalidade mudou bastante o ritmo da partida. Com a torcida mais animada, o Vozãopartiu para cima e ameaçou em duas oportunidades, com Chico e Roger, ambos chutando por cima da meta paulista. Do outro lado, o Timão mais esperou o intervalo chegar do que forçou jogadas, sem ameaçar mais a meta de Richard.

Carille mexe bem e Corinthians encaminha classificação

A etapa final começou com o Ceará pressionando e desperdiçando boas chances de finalizar com Roger, que chegou atrasado em ambas ocasiões. Percebendo que faltava velocidade à sua equipe, Carille mexeu e colocou Ramiro na vaga de Boselli, mas a mudança fundamental foi de posicionamento: Love, até então aberto, foi deslocado para ser centroavante e não demorou a dar frutos.

Em uma bola roubada no meio-campo, Sornoza recebeu passe de Clayson e enfiou em profundidade para o camisa 9. Rápido e com boa proteção de bola, Love invadiu a área pelo lado esquerdo, esperou a saída do goleiro Richard e tocou por cima do adversário, colocando o Timão mais uma vez à frente do placar.

Com vontade de mostrar sua “estrela”, aparentemente, Carille testou uma nova mudança, promovendo o retorno de Jadson ao time na vaga do cansado Sornoza. O camisa 10, que não atuava desde o dia 14 de fevereiro, passando por um processo de fortalecimento nas duas pernas devido a dores nos joelhos, mostrou que está recuperado: passe de Love, cruzamento de Avelar e chute de primeira do armador, mandando no canto esquerdo de Richard.

A vantagem desnorteou o Ceará e o Timão se viu em posição até de golear o adversário, mas faltou aos visitantes um pouco mais de capricho na conclusão das jogadas para chegar ao quarto gol. Os donos da casa tentaram reagir com a entrada de Wescley, autor de dois chutes perigosos. A melhor oportunidades veio com Fernando, já nos acréscimos, mas o atacante, dentro da área, chutou de primeira, para fora.

 

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 1 X 3 CORINTHIANS

 

Local: Castelão, em Fortaleza (CE)

Data: 13 de março de 2019, quarta-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves e Mauricio Coelho Silva Penna (ambos do RS)

Público: 25.468 pagantes

Cartões amarelos: Juninho (Ceará); Henrique (Corinthians)

Gols:

CEARÁ: Juninho, aos 22 minutos do primeiro tempo

CORINTHIANS: Júnior Urso, aos 10 minutos do primeiro, e Vagner Love, aos 19, e Jadson, aos 27 minutos do segundo tempo

 

CEARÁ: Richard; Samuel Xavier, Eduardo Brock, Luiz Otávio e João Lucas; Fabinho, Juninho e Ricardinho (Wescley); Felipe (Fernando Sobral), Chico (João Paulo) e Roger

Técnico: Lisca

 

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Júnior Urso (Richard) e Sornoza (Jadson); Vagner Love, Clayson e Boselli (Ramiro)

Técnico: Fábio Carille

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...