Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Operário chega aos 80 anos reencontrando as vitórias e tentando se manter no topo

“Galo” voltou a ser campeão do Estadual após 21 anos

“Ôoo, pee ê rá, rio oô”

Com este verso do hino do Operário Futebol Clube muitos campo-grandenses, de nascença ou não, sabiam que logo começaria uma partida disputada pelo Galo. Entre as décadas de 1970 e 1990, era hora de ficar com o ouvido ligado nos jogos do Campeonato Estadual que eram transmitidos no rádio. Até quem não viveu os tempos de glória do Operário ou torce para times de fora do Estado, aprendia o verso do hino operariano.

O Operário Futebol Clube completa 80 anos de fundação, nesta terça-feira, 21 de agosto. O mais tradicional time de futebol do Estado, após anos de sofrimentos, reencontrou as vitórias e voltou a encantar a torcida, vencendo o Campeonato Estadual deste ano, após 21 anos em jejum de títulos da principal competição de Mato Grosso do Sul.

Campeão na Coreia Cup 1982 (Foto: Divulgação/Operário FC)

Nas galerias do clube são onze títulos do Campeonato Sul-Mato-Grossense, quatro no Mato Grosso Uno, terceiro lugar no Brasileirão de 1977, Campeão Brasileiro 1987 (Série B – Módulo Branco) e Campeão na Coreia Cup 1982 (Nosso Mundial). Com a conquista do Estadual, em 2019, o Galo vai participar também da Copa do Brasil, Copa Verde e Brasileiro da Série D (2º Semestre).

História

Fundado em 21 de agosto de 1938, por operários da construção civil, o galo nasceu liderado pelo pintor Plínio Bittencourt. “O clube surgiu da união de forças de cidadãos comuns que buscavam dar vazão aos seus anseios em prol de uma sociedade onde o futebol pudesse ser acessado pelas classes populares, já que nesse período o mesmo era um esporte da elite brasileira”, informa a página do clube na internet.

O clube se profissionalizou na década de 1970, conquistando os primeiros títulos. No fim dos anos 70 e início dos anos 80, o Operário fez boas campanhas nos Campeonatos Brasileiros que disputou, sendo considerado pela imprensa e adversários da época a primeira e grande força nacional do futebol do interior do Brasil.

Operário e São Paulo (Foto: Divulgação/Operário FC)

A página do time conta a trajetória e atribui à criação do Clube dos 13, em 1987, uma das causas da decadência do time. Equipes de porte médio, como o Operário, ficaram de fora da elite do futebol nacional.

No fim da década de 1980 e 1990, o Operário se tornou o maior campeão estadual de futebol, ganhando os títulos de 1988,1989,1991,1996 e o seu último campeonato no ano de 1997.

Nos anos seguintes, problemas e incidentes assolaram o clube. De rebaixamento às brigas com a Federação de Futebol e entre a própria diretoria, chegaram a deixar o clube fora dos campos por dois anos (2011 e 2013). Dificuldades financeiras também pairavam sobre o clube.

Com a superação dos problemas internos, o time voltou a elite do futebol sul-mato-grossense em 2016, se estruturou em 2017 e chegou ao título em 2018. Nesta terça-feira (21), além da comemoração é realizada a eleição para a diretoria do clube.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...