Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Japão e Senegal ficam no empate, mas Japão lidera o grupo H

Japão e Senegal fizeram um bom jogo neste domingo (24) no empate por 2 a 2, na Arena Iekaterinburgo, no primeiro jogo da segunda rodada do Grupo H. Os japoneses ficaram com a bola a maior parte do tempo, mas quem finalizou mais foi a equipe senegalesa. Em um desses chutes, os africanos abriram o placar na falha do goleiro Kawashima, que espalmou nos pés de Mané para que o camisa 10, no susto, abrisse o placar.

O Japão buscou o empate ainda na etapa inicial, com Inui. Nagatomo errou o domínio na grande área e acabou enganando os defensores. Takashi Inui se aproveitou do espaço, ajeitou e finalizou com categoria no canto para deixar tudo igual.

A segunda etapa teve a mesma tônica dos primeiros 45 minutos. Japão com a bola, mas Senegal era quem chegava mais à frente para testar o gol de Kawashima. Sabaly fez boa jogada pela esquerda da área e cruzou rasteiro. A bola passou por Niang, mas não por Wagué, que chegou no segundo pau para colocar, com um chute firme, Senegal mais uma vez na dianteira.

O empate japonês chegou após erro do goleiro senegalês N’Diaye. O camisa 16 saiu mal, Inui aproveitou o vacilo e cruzou para trás, já na grande área. Honda aproveitou e deixou tudo igual. Com o gol, seu quarto em Copas do Mundo, o camisa 4 japonês se tornou o asiático com mais tentos na história dos Mundiais.

As seleções estão empatadas com 4 pontos e não poderão ser alcançadas por Polônia ou Colômbia ao final desta segunda rodada da chave.

JAPÃO
Kawashima; Hiroki Sakai, Yoshida, Shoji e Nagatomo; Shibasaki e Hasebe; Haraguchi (Okazaki), Kagawa (Honda) e Inui (Usami); Osako.
T.: Akira Nishino
SENEGAL
Khadim N’Diaye; Wagué, Sané, Koulibaly e Sabaly; Alfred N’Diaye (Kouyaté); Sarr, Badou N’Diaye (Ndoye), Gueye e Mané; Niang (Diouf).
T.: Aliou Cissé

Árbitro: Gianluca Rocchi (Itália)
Assistentes: Elenito Di Liberatore e Mauro Tonolini (Itália)
Cartões amarelos: Inui e Hasebe (Japão); Niang, Sabaly e Ndoye (Senegal)
Gols: Mané (Senegal), aos 11 minutos do primeiro tempo, e Inui (Japão), aos 34 minutos do primeiro tempo; Wagué (Senegal), aos 25 do segundo tempo, e Honda (Japão), aos 32 minutos do segundo tempo.

Você pode gostar também