Esportes

Paraná bate o Vila Nova e dá grande passo rumo ao acesso

1 a 0

Diego Alves Publicado em 25/10/2017, às 01h58

None

1 a 0

Em um jogo com cara de decisão, o Paraná Clube deu um grande passo rumo à série A do Campeonato Brasileiro ao bater o Vila Nova por 1 a 0, na Vila Capanema, e consolidar sua posição do G4 da Série B diante de um adversário direto. Com o resultado, o Tricolor chegou aos 56 pontos, na segunda colocação. Já os goianos, com 51 pontos, seguem na quinta posição.Paraná bate o Vila Nova e dá grande passo rumo ao acesso

Depois de uma primeira etapa muita equilibrada, mas sem bola na rede, Felipe Alves, aos 30 minutos do segundo tempo, pegou sobra de bola e teve tranquilidade para marcar o gol que garantiu três pontos importantes para a equipe paranista.

Na próxima rodada, o Paraná Clube encara o Oeste, terça-feira, novamente na Vila Capanema, em Curitiba. Já o Vila Nova terá pela frente o Paysandu, na sexta-feira, 03 de novembro, no Mangueirão, em Belém.

O jogo – Empurrado pelo torcedor, o Tricolor começou a partida tentando impor seu ritmo, mas encontrava pela frente uma forte marcação e não conseguia finalizar. Aos oito minutos, Alan Mineiro cobrou falta fechada na para, e a zaga paranista afastou. Na resposta, aos 11 minutos, também de bola parada, João Pedro cobrou direto, na lateral da área, mas pela linha de fundo.

O time goiano tentava aproveitar os espaços para contra-atacar. Aos 15 minutos, Alípio arriscou o chute e carimbou Maidana no meio do caminho. O primeiro chute a gol para valer do Paraná aconteceu apenas aos 16 minutos, com Gabriel Dias batendo de longe e obrigando Luis Carlos a defender em dois tempos. Aos 22 minutos, Renatinho fez a tentativa de finalização e também parou no goleiro.

O jogo era equilibrado e, aos 25 minutos, Alan Mineiro recebeu na entrada da área, abriu espaço e mandou um petardo para grande defesa de Richard. Ataque em velocidade, aos 31 minutos, com Feijão, que serviu Vinícius Kiss para o chute cruzado para ganhar escanteio. Após levantamento, Eduardo Brock testou por cima da meta. Aos 40 minutos, Alípio tentou o tiro com efeito e a bola passou perto do poste.

Para a etapa final, as duas equipes retornaram sem mudanças. Aos quatro minutos, Igor fez o levantamento na área, mas Alemão e Feijão não alcançaram a bola. Pressão paranista, aos sete minutos e duas vezes Luis Carlos deixou a meta para evitar finalização do ataque. Jogada ensaiada do ataque do Tricolor, aos 12 minutos, com Maidana ajeitando para Brock isolar.

O Paraná tinha mais posse de bola e maior ação, mas o sistema ofensivo não estava em uma de suas melhores noites. A tentativa do técnico Matheus Costa então foi colocar em campo Giovanny e Felipe Alves. A torcida seguia empurrando, acreditando, até que, aos 30 minutos, Felipe Alves pegou sobra de bola na área e tocou na saída de Luis Carlos para marcar. Aos 35 minutos, Wallyson tocou de cabeça, de cobertura, e Richard se recuperou para desviar. Aos 43mintuos, Bruno desviou de Richard, mas a bola saiu. O Vila ensaiou uma reação, mas a defesa paranista conseguiu se comportar bem e segurar.

PARANÁ 1 X 0 VILA NOVA

Local: estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR) 
Data: 24 de outubro de 2017, terça-feira 
Horário: 21h30 (de Brasília) 
Árbitro: Marcelo Aparecido R. de Souza (SP) 
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP) 
Cartões amarelos : Felipe Alves (Paraná); Alípio, Gastón e Maguinho (Vila Nova)

Gols 
PARANÁ: Felipe Alves, aos 30 minutos do segundo tempo

PARANÁ: Richard; Cristovam, Eduardo Brock, Iago Maidana e Igor; Gabriel Dias, Vinícius Kiss e João Pedro e Renatinho; Vitor Feijão (Giovanny) e Alemão (Felipe Alves) (Luiz Otávio). 
Técnico: Matheus Costa

VILA NOVA: Luis Carlos; Maguinho, Wesley Matos, Bruno Prado e Gastón Filgueira; Geovane, PH (Tiago Adan) e Alan Mineiro (Wallyson); Alípio, Lourency e Mateus Anderson (Fagner) 
Técnico: Hemerson Maria

Jornal Midiamax