Esportes

‘A equipe não pode mais errar’, afirma Dorival Júnior, técnico do São Paulo

Tricolor enfrenta o Corinthians, no Morumbi

Midiamax Publicado em 18/09/2017, às 01h19

None

Tricolor enfrenta o Corinthians, no Morumbi

Se o São Paulo está evoluindo a cada momento, como afirmou o técnico Dorival Júnior logo após a vitória em Salvador, resta saber se essa melhora será suficiente para derrotar o Corinthians, no Morumbi, no próximo domingo (24).

“Não temos mais como errar no campeonato. Quando os resultados não surgem fica difícil ver a melhora do time, que está ocorrendo”, disse Dorival.

Evitar erros, no caso específico do São Paulo, significa tomar menos gols.

A própria comparação com o líder Corinthians, adversário da próxima rodada, mostra o problema defensivo da equipe.

Se o time dirigido por Fábio Carille está disparado na frente da tabela não é pelo ataque. Enquanto o Corinthians fez 34 no campeonato, o ataque do São Paulo marcou 32, nas primeiras 24 rodadas.

A diferença gritante está nos gols sofridos. O líder sofreu apenas 13, enquanto o São Paulo, na 17ª posição na classificação, 36. Quase três vezes mais.

Na visão de Dorival, o grande problema do São Paulo não é ele ter passado sufoco na defesa nas últimas três partidas, quando a equipe saiu na frente do placar e, com exceção deste domingo na Bahia, não teve eficiência para segurar os três pontos.

“Tivemos uns cinco contra-ataques [no jogo contra o Vitória] que poderíamos ter trabalhado melhor e conseguido o gol.”

O técnico afirmou que não tem intenção de mudar o esquema tático de jogo do São Paulo para torná-lo mais defensivo.

A partida contra o Corinthians será a antepenúltima da equipe no Morumbi. E o último clássico.

Por causa de shows, o São Paulo vai jogar outras cinco vezes no Pacaembu. Inclusive contra Flamengo, Santos e Botafogo.

Jornal Midiamax