Paralimpíadas: Brasil conquista três medalhas de prata na manhã desta segunda

Conquistas foram no atletismo e tênis de mesa

O Brasil conquistou três pratas na manhã desta segunda-feira (12) nos Jogos Paralímpicos. A primeira foi de Fábio da Siva Bordignon, no atletismo – categoria 200m T35 – e, mais tarde, Israel Stroh e Rodrigo Parreira alcançaram o segundo lugar no tênis de mesa e no salto com vara, respectivamente.

Fábio alcançou 26s01 e ficou atrás apenas do ucraniano Ihor Tsvietov, que terminou a prova com 25s11. É a segunda prata do brasileiro, que já havia conquistado a medalha na sexta-feira (9), nos 100m.

Israel, primeiro mesa-tenista paralímpico do Brasil a competir individualmente, foi vencido por William Bayley, do Reino Unido, por 3 sets a 1 e, apesar da derrota, alcançou a primeira medalha brasileira na modalidade.

Rodrigo, que havia sido bronze nos 100m rasos T36, completou sua prova de salto com vara empatado com o australiano Brayden Davidson, pulando 5,62m e quebrando o recorde paralímpico. No entanto, Davidson venceu no critério de desempate – o segundo salto, onde alcançou 5,57, contra 5,55m do brasileiro.

O Brasil ocupa o 4º lugar no quadro de medalhas das Paralimpíadas de 2016, com total de 27 formadeas por seis ouros, 14 pratas e sete bronzes. Em primeiro está a China, com 40 ouros, 32 pratas e 24 bronzes, somando 96 medalhas.

Paralimpíadas: Brasil conquista três medalhas de prata na manhã desta segunda
Mais notícias