Promessa a técnico morto é o que mantém Messi no Barça, diz jornal

A revelação foi feira por Henk Ten Cate, auxiliar de Frank Rijkaard nos tempos em que o holandês comandou o Barça

Nos últimos dias, o futuro de Lionel Messi tem sido frequentemente discutido na Espanha. Possivelmente insatisfeito e brigado com o técnico Luis Enrique, o argentino já cogitou deixar o Barcelona em outras oportunidades, mas só ainda não o fez devido a uma promessa a Tito Vilanova, ex-treinador que morreu em 2014 após travar uma batalha contra um câncer.

A revelação foi feira por Henk Ten Cate, auxiliar de Frank Rijkaard nos tempos em que o holandês comandou o Barça. Em entrevista ao jornal holandês De Telegraaf, Cate afirmou que Messi prometeu a Tito, no leito de morte, que permaneceria com o clube catalão.

“Até onde eu sei, os problemas começaram há uns dois anos. Messi só está no Barcelona porque prometeu a Tito Vilanova antes que ele morresse. No entanto, creio que uma transferência seria o ideal para as duas partes”, revelou.

De acordo com o ex-auxiliar de Rijkaard, Messi precisa de um novo ambiente para voltar a jogar o futebol que tem encantado o mundo na última década. Além disso, Cate teme que o argentino comece a perder valor no mercado.

“Leo está no Barcelona por um bom tempo e precisa de um novo time. Ele vale muito, mas a partir de agora começa a perder valor. Eu gostaria de ser mais positivo, porque ele está em outro nível há dez anos, mas não estou seguro que ele volte ao topo”, ponderou.

“Não é normal brilhar deste jeito durante dez anos, como ele tem feito. O normal é que os craques fiquem no topo por sete ou oito anos. Para ser honesto, ele não teve uma última temporada boa, mesmo que as estatísticas digam o contrário”, completou. 

Mais notícias