Maikon Leite brilha, e Sport afunda Joinville no Brasileirão

 O Sport aparece na terceira posição

Sport e Joinville protagonizaram um confronto de opostos pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro . Enquanto os pernambucanos ainda não perderam no torneio, os catarinenses não sabem o que é ganhar. Pior que isso, perderam seis jogos e empataram apenas um. E o roteiro na Ilha do Retiro, na noite deste sábado, não foi diferente. Vivendo ótima fase, Maikon Leite marcou duas vezes ainda no primeiro tempo, afundou os rivais na lanterna da Série A e garantiu, com uma vitória por 2 a 1, sua equipe no G-4 da competição.

Agora, o Sport aparece na terceira posição, com 15 pontos, sendo quatro vitórias e três empates. Já o Joinville é o pior do campeonato. O lanterna tem apenas um ponto conquistado, contra o Palmeiras, na segunda rodada do torneio.

Essa foi a segunda partida seguida que Maikon Leite decidiu para o Sport. Na última rodada, contra o Goiás, o empate sem gols já era considerado como certo, mas o ex-palmeirense apareceu nos acréscimos para pegar de primeira da entrada da área e definir a vitória para os pernambucanos.

Apesar da diferença na tabela de classificação, o primeiro tempo foi equilibrado, com muita marcação e jogadas rápidas dos dois lados. Se Danilo Fernandes, com uma atuação segura, foi o responsável por parar os ataques do Joinville, Maikon Leite, com mais um desempenho de destaque, acabou sendo o carrasco dos catarinenses. Na primeira, aproveitou um cruzamento da esquerda para bater cruzado e abrir o placar. Depois, recebeu em velocidade, sua característica principal, e chutou forte, no alto, indefensável.

 

Já com uma vantagem confortável no placar, o Sport tirou o pé e viu o Joinville esboçar uma reação. O problema é que além de falta qualidade técnica na construção das jogadas, o goleiro Danilo Fernandes continuou com uma atuação de destaque. Bem posicionado, o arqueiro não precisava sequer se esforçar para defender as (poucas) finalizações do time visitante. A única bola indefensável foi uma cobrança de falta perfeita de Marcelinho Paraíba, que descontou os catarinense.

Eduardo Baptista, técnico da equipe pernambucana, ainda teve tempo que promover a estreia do recém-contratado André, atacante emprestado junto ao Atlético-MG, mas que pouco participou do jogo.

Na próxima rodada, o Sport encara outro adversário em crise: o Vasco, que neste sábado perdeu por 3 a 0 para o Cruzeiro. O duelo será no próximo sábado, às 16h30 (de Brasília), na Arena Pernambuco. Já o Joinville tenta uma recuperação contra o Goiás, no domingo, na Arena localizada em Santa Catarina, às 16h.

Sport 1 x 0 Joinville – 15min do primeiro tempo

Renê cruzou da esquerda, a zaga do Joinville não afastou e Maikon Leite finalizou no canto direito de Agenor

 

Sport 2 x 0 Joinville – 38min do primeiro tempo

Maikon Leite foi acionado na lateral da área e finalizou forte, no alto, sem chances para Agenor

 

Sport 2 x 1 Joinville – 33min do segundo tempo

Marcelinho Paraíba cobrou infração no canto direito de Danilo Fernandes e o goleiro não alcançou

Mais notícias