Luis Enrique se cansa de falar de Messi e diz que não vai desmentir briga

Luis Enrique chega para a entrevista coletiva no Barcelona

Messi, Messi, Messi…a entrevista coletiva do treinador do Barcelona, Luis Enrique, na tarde desta quarta-feira, girou em tornou do argentino. O técnico mostrou incomodo de tanto falar do jogador e deixou claro que não ia desmentir os rumores de briga com a estrela do time.

“As coisas que acontecem no vestiário sempre ficam por ali. Eu li muitas coisas, são muitos rumores, mas o meu trabalho é comandar essa equipe. Não vou confirmar, nem desmentir nada que foi dito” frisou Luis Enrique.
 
“Tenho a mesma relação com todos os jogadores. Não gosto mais de um do que outro. Não tenho que falar sobre relacionamento pessoal com qualquer um deles. Preciso me preocupar com a gestão do plantel”, repetiu o técnico.
 
A repetição das respostas aconteceu, pois Luis Enrique foi perguntado sobre Messi em 11 ocasiões durante a entrevista. Os rumores em Barcelona são de que o técnico brigou com o argentino já por duas vezes neste ano, sendo a última após a derrota por 1 a 0 contra o Real Sociedad, em jogo que o camisa 10 iniciou no banco de reservas.
 
“Gente! Messi é o melhor jogador do Mundo, consequentemente do meu plantel, e já repeti isso várias vezes. Não tem muito sentido falar mais sobre ele. Para mim acabou, não vou explicar mais”, disse Luis Enrique na tentativa de colocar um ponto final no tema Messi. Algo que não aconteceu.
 
“Falo com Messi, com Neymar, com Suárez, com os jogadores da base, todo mundo igualmente. São tantos rumores, e já disse que não vou ficar confirmando, nem desmentindo nada”, voltou a falar o treinador sobre o tema.
 
Messi não participou do treinamento aberto do Barcelona na última segunda-feira, e gerou especulações de evidenciar a insatisfação com o momento no clube já que no mesmo dia passou a seguir o Chelsea-ING, clube especulado como principal interessado na contratação, em sua conta no Instagram.
 
“Me foi avisado que ele estava com um problema (gastroenterite) e não ia participar da atividade. O mesmo se passou com o Rafinha (com otite) e não vejo nada demais nisso”, comentou Luis Enrique.
 
Extremamente pressionado no cargo de treinador, Luis Enrique também foi perguntado sobre sua atual situação: “Qualquer treinador precisa de resultados. Se falarem que estou em uma semana decisiva, vou concordar”, destacou.   
 
O Barcelona encara o Elche, na quinta-feira, no Camp Nou, às 19h de Brasília, na partida de ida das oitavas de final da Copa do Rei. Messi está confirmado no time titular.

“Muito obrigado”, disse Luis Enrique a um jornalista ao ser perguntado sobre o jogo, após tanto falar de Messi. “É uma partida complicada e esperamos construir um bom resultado que já nos permita boas condições para a partida de volta”, destacou o técnico do Barça.

Mais notícias