Cristian não se arrepende e repetiria gesto contra São Paulo

Volante volta ao alvinegro paulista e diz não se arrepender de provocação feita após gol

Apresentado oficialmente como novo reforço do Corinthians nesta segunda-feira, Cristian não fugiu das polêmicas em sua primeira entrevista coletiva. Marcado pelo famoso gesto obsceno na comemoração de um gol contra o São Paulo na semifinal do Campeonato Paulista de 2009, o volante afirmou que não se arrepende e que o faria novamente caso sentisse vontade.

“Não me arrependo de nada, era o momento do jogo, era único, um gol no último minuto. Depois, foi complicado porque aconteceram muitas coisas, críticas. Mas isso não muda nada. Se tivesse oportunidade, eu faria de novo, normalmente, sem problema nenhum. Acho que não tendo violência, nem briga, acho que não atrapalha ninguém”, avisou Cristian.

Cristian pode ter uma oportunidade antes do esperado, já que se o Corinthians passar do Once Caldes, na pré-Libertadores, entrará justamente no grupo do São Paulo no torneio sul-americano. Mudando um pouco o tom e tentando ser mais político, o volante tentou manter respeito aos colombianos e disse que não tem nada programado para uma futura partida contra o rival paulista.

“É difícil me programar para fazer alguma coisa. Não me programei para aquilo. Saiu da alma, do momento. Se por um acaso eu fizer um gol, vejo o que dá para fazer na hora. Não se pode ficar pensando muito nisso, se não dá tudo errado e não acontece nada. Temos que passar o Once Caldas”, comentou.

Mais notícias