MS gerou 2,6 mil empregos formais em agosto, 65% em setores terciários

Industria e comércio foram setores que mais tiveram saldo no mês de agosto

gerou em agosto 2.612 novas vagas de empregos formais, conforme mostram dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados nesta quarta-feira (30) pelo .
Conforme o levantamento de dados, do total, 1.692 vagas de emprego estão em setores terciários, correspondendo a quase 65%. No demais, 1.098 vagas no comércio e 594 no sertor de serviços.
“Se observarmos a evolução, notamos que entre março e maio houve retração importante, inclusive com fechamento de 10.334  postos nos últimos dois meses. Estamos em um processo de reação, mas ainda não recuperamos os efeitos causados pela pandemia”, observa a economista do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da , Daniela Dias.
No setor da Industria, foram 3.752 contratados e 2.553 trabalhadores desligados. No Comércio, o saldo foi semelhante ao da indústria, pois em agosto, foram demitidas 3.756 pessoas, mas também teve a admissão de 4.854 trabalhadores.

 

MS gerou 2,6 mil empregos formais em agosto, 65% em setores terciários
Mais notícias