Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

MS fecha saldo de empregos em 2018 com 3 mil vagas de trabalho a menos

Setor de serviço perdeu mais de 5 mil postos de trabalho

Mato Grosso do Sul fechou 2018 com um saldo negativo na geração de empregos. Ao longo dos 12 meses do ano, o saldo geral aponta 3.104 vagas de emprego a menos no estado. Por outro lado, Campo Grande apresenta dados positivos, com a geração de 2.774 vagas de trabalho.

Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgado nesta quarta-feira (23) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. Segundo os dados, o setor de serviços teve o pior resultado, com um saldo negativo de 5.434 vagas. A construção civil também teve saldo negativo, com 523 vagas.

Já o setor comercial e da indústria de transformação tiveram saldo positivo em MS, com 1.535 e 1.093 novas vagas, respectivamente. Outros setores com resultados positivos são extrativa mineral (112 vagas), serviço industrial de utilidade pública (25), administração pública (11) e agropecuária (77).

Entre as cidades de Mato Grosso do Sul, Campo Grande teve o maior saldo positivo, com a geração de 2.774 vagas de emprego. Entretanto, os dados de Dourados, a 225 km da Capital, preocupam. A cidade teve um saldo de emprego negativo, com 8.462 empregos a menos no mercado de trabalho.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...