Concurso PM e Bombeiros: novo cronograma pode sair após resultado definitivo do TAF

Há um mês, os candidatos chegaram a se reunir com o secretário-adjunto da SAD e pediram por prazo

Os candidatos aprovados no concurso público para Polícia Militar e Bombeiros em Mato Grosso do Sul, poderão ter novo cronograma disponibilizado em breve. Isso porque a SAD (Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização) avalia os últimos recursos do TAF (Teste de Aptidão Física) e resultado definitivo deve sair nos próximos dias.

Há quatro meses, saía o resultado inicial da etapa de avaliação física dos candidatos e três meses após o Governo Estadual divulgar a lista, os aprovados se mobilizaram para cobrar a convocação da SAD.

Conforme a assessoria de imprensa da secretaria, a fase atual do desenrolar do concurso é a análise dos recursos do TAF. Após terminado, uma nova fase poderá ser definida, pois ‘uma etapa depende da outra’, definiu SAD.

“O resultado definitivo do Exame de Capacidade Física será publicado nos próximos dias. As próximas etapas serão a conclusão da investigação social, que está em curso atualmente, para posterior homologação”, disse secretaria em nota.

Sem convocação

Vale lembrar que, há um mês, os candidatos se reuniram com o secretário-adjunto da SAD, Édio Viegas, e o deputado estadual, Coronel Davi (PSL), onde foi analisado um possível prazo para a homologação – entre 45 e 60 dias – e a criação de um novo cronograma.

Na época, a SAD informou que a convocação dos aprovados será ao longo do contrato com a Fapems e, além disso, explicou que o chamado exige verba do Governo.

“Ressaltamos que a convocação dos aprovados para o Curso de Formação será ao longo do prazo de validade do certame e de acordo com a capacidade orçamentária e financeira do Estado”, disse SAD na oportunidade.

Divulgação do TAF

A SAD divulgou no dia 12 de agosto as filmagens e a cronometragem individual na prova da corrida para os concursos da PM (Polícia Militar) e Corpo de Bombeiros. Entretanto, logo que as provas foram divulgadas, candidatos já começaram a perceber erros no material e temem não conseguir interpor recurso.

Um candidato ao concurso para a PM, que não quis se identificar, conta que o tempo marcado na filmagem está dessincronizado, impedindo que ele possa provar que conseguiu concluir a corrida a tempo. Além disso, até mesmo a data está errada na filmagem, registrada no dia 1° de janeiro de 2016.

Demora nos concursos

Os concursos para a PM e Bombeiros são marcados por polêmicas, principalmente por conta da demora. Os concursos chegaram a ficar ‘travados’ por quatro meses, depois de terem os cronogramas suspensos pelo Governo do Estado em dezembro do ano passado. O TAF só foi realizado em maio deste ano. Em junho, o resultado do TAF foi publicado, quando os candidatos poderiam pedir pelas filmagens da prova.

O concurso público de provas para ingresso no curso de formação da Polícia Militar oferece 450 vagas, sendo 388 para o cargo de soldado, 50 vagas para oficial combatente e 12 vagas para oficial de saúde. Já o concurso do Corpo de Bombeiros tem disponibilidade 200 vagas, sendo 153 para o cargo de soldado, 23 para oficial, 12 para oficial de saúde, e 12 vagas para oficial especialista.

Mais notícias