Universidade de Goiás não admite plágio e abre processo administrativo sobre concurso do HU de Dourados

        Enquanto a polêmica sobre o plagio em dezoito questões da prova para o cargo de Enfermeira Generalista se arrasta desde o início de maio quando foi divulgado o resultado da prova, a UFG (Universidade Federal de Goiás) apenas hoje se pronunciou oficialmente sobre o assunto.
         A UFG não admitiu o “plágio” e por intermédio da professora Silva Coleta Pereira, assessora de imprensa da UFG o Midiamax recebeu por e-mail uma mensagem onde afirma que “a Universidade Federal de Goiás foi informada ontem, 17 de junho, da nulidade de 15 questões da prova para o cargo de técnico de enfermagem”. A nota segue dizendo que “diante disso determinou a abertura de um processo administrativo para verificação”.
         A UFGD (Universidade Federal da Grande dourados) contratou o Centro de Seleção da UFG para elaborar as provas do Concurso Público do HU (Hospital Universidade) e uma das cláusulas rezava que as questões deveriam ser inéditas, porém conforme denúncia feita no município público dezoito perguntas haviam sido plagiadas de uma apostila sobre enfermagem.
         O Centro de Seleção da UFG foi criado há três décadas a partir da CECV (Comissão Especial do Concurso Vestibular). Com o passar dos anos além de coordenar o vestibular da instituição passou a realizar concursos públicos para outras instituições do País.
No site do Centro de Seleção da UFG na internet o texto oficial afirma que “com sua atual estrutura e a experiência adquirida ao longo destes anos, o Centro de Seleção oferece o que há de mais seguro, ágil e eficiente em matéria de concursos públicos ou processos seletivos (vestibulares)”.
O texto institucional que está no site continua afirmando que “todos os profissionais envolvidos, permanentes ou temporários, são qualificados e periodicamente submetidos a cursos de atualização ou aperfeiçoamento, no intuito de oferecer segurança e credibilidade tanto a quem se utiliza de nossos serviços quanto àqueles que se submetem aos concursos que realizamos”.

Mais notícias