Corumbá: concurso de Andores abre festa do Banho de São João

Onze festeiros participaram do Concurso de Andores, realizada na noite desta segunda-feira, 21 de junho, no Porto Geral de Corumbá. O evento, além de marcar a abertura do Arraial do Banho de São João, um dos mais tradicionais do Centro-Oeste brasileiro, serve de estímulo para manter viva uma das mais marcantes características da festa pantaneira: a preparação do andor junino. Muito bem enfeitados, coloridos, cheios de peças regionais, os altares de São João animaram o público pela sua beleza e a história que cada um tem.


O primeiro lugar ficou com Alfredo Ferraz, que pela quarta vez faturou o título do concurso. “Este ano enfeitamos o andor com fuxicos, peças que também estão presentes na decoração do Porto Geral”, disse o festeiro. Apesar do tetracampeonato (ano passado ele foi o segundo lugar), Alfredo lembrou que o concurso não é o mais importante do São João. “Ele é apenas um detalhe da festa de São João. O ponto alto é a descida e o banho do santo”, lembrou. A crença no santo, que move a criação do andor, começou com o avô dele, João Ferraz, ainda na década de 70. Alfredo assumiu a responsabilidade de preparar o andor em 1999. “É um exercício de fé”, resumiu. O segundo lugar ficou com Bianca Machado, que pela primeira vez participou do concurso com a ajuda de várias amigas. “A princípio nós pensamos em utilizar o dinheiro do prêmio para ajudar a pagar a festa do dia 23. Mas depois decidimos que, caso ganhássemos, distribuiríamos o dinheiro entre os festeiros que participaram do concurso”, explicou Bianca ao Diário.


Com 132 pontos, o andor de Bianca faturou R$ 500. A terceira colocação ficou com Neusa Bastos. Ela levou para casa R$ 300. O campeão ganhou R$ 700. Três critérios foram avaliados por cinco jurados: criatividade, adereço e história. A banca avaliadora foi composta pelo carnavalesco Aleks Batista; pela professora Rosângela Villa; a superintendente do Iphan-MS, Margareth Escobar; a gerente de patrimônio histórico e cultural da Fundação de Cultura do Pantanal, Neusa Arashiro, e pelo professor e pesquisador Álvaro Banducci.

Corumbá: concurso de Andores abre festa do Banho de São João
Mais notícias